segunda-feira, 12 de setembro de 2016

N/M LUZEIRO É ATACADO POR PIRATAS

A onda de assaltos à embarcações nos rios do Pará parece não ter fim.
O N/M Luzeiro, que faz linha para o município de Muaná, no Marajó, foi atacado por 6 piratas às 2 da manhã dessa segunda-feira (12) às proximidades de Barcarena.
Informações dão conta que os bandidos foram muito violentos e não pouparam ninguém.
Crianças, mulheres e idosos ficaram sob a mira de escopetas e tiveram seus pertences roubados.
Houve troca de tiros com a policia e um dos passageiros se jogou  na água, mas foi encontrado com vida próximo à cidade de Ponta de Pedras.

Com informações de Afinéias Marinho

8 comentários:

  1. Quando isso vai acabar?Ja foram tantos casos dessa natureza e a insegurança nos nossos rios continuam.Vidas ja foram ceifadas por esses bandidos que nao tem dó nem de crianças e idosos.Tem mais é que eliminar essa raça.Eu viajo nos rios e sempre com medo de acontecer com nossas embarcações.Mas minha fé é grande demais e somos protegidos por Deus.So Ele pra nos dar livramentos.Essas coisas nos causam muita indignação.

    ResponderExcluir
  2. Só os milicianos pra dar jeito nisso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, milicianos são uma solução provisório e perigosa. Depois quem vai nos proteger deles? Aqui no Rio de Janeiro tivemos regiões onde o tráfico de drogas foi liquidado por eles e uma vez instalados eles mesmo,os milicianos, passaram a ser autores de crimes contra a população civil... A solução está em prefeitura menos corruptas, melhores salários e condições de trabalho para os policiais e solicitação de apoio da Guarda Nacional. Agora eu lhe pergunta por que razão o Governador ainda não pediu o auxílio da Guarda Nacional para o caso?

      Excluir
  3. Queremos mais segurança, será que é pedir demais 😕??
    Esses bandidos tem que ser eliminado só assim talvez acabe com essa violência descontrolada

    ResponderExcluir
  4. Porque não tem base na entrada do arrozal e ponta negra dar apoio agora querem ficar em belem não adianta...

    ResponderExcluir
  5. Pow desse jeiro ta foda caralho atitude porra

    ResponderExcluir
  6. Pow desse jeiro ta foda caralho atitude porra

    ResponderExcluir
  7. A Polícia Militar e Civil precisam promover patrulhas fluviais, ou seja, sair da área metropolitana e instituir patrulhamento fluvial, do contrário essas histórias se repetirão. Problema tão antigo no meu querido estado do Pará, porém sem solução aparente. Esse problema não chama atenção da classe politica, talvez por não render votos. Bom dia.

    ResponderExcluir