sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

CURRALINHO RECEBE AMBULANCHA DO GOVERNO DO ESTADO

A ambulancha entregue vai beneficiar a população agilizando o atendimento.

Os município de Curralinho, no Arquipélago do Marajó, recebeu uma ambulancha  nesta quinta (22),
O equipamento é resultado da parceria entre o governo do Estado e o Poder Legislativo, que adquiriram veículos com recursos oriundos de emendas parlamentares.
Rapidez - O município de Curralinho fica no Arquipélago do Marajó, tem mais de 32 mil habitantes e precisa transportar pacientes para Breves, o município mais próximo. “Os rios acabam sendo as nossas ruas. A população usa o barco chamado rabudo, que é aquele com motor na traseira. Mas esse é muito mais rápido e seguro”, disse o secretário Municipal de Saúde de Curralinho, Advaldo Borges da Silva, que recebeu a ambulancha nesta quinta-feira (22). Segundo o secretário, o novo veículo ajudará a “salvar muitas vidas, pela agilidade que é ter uma ambulancha à disposição daquela população, pela força do motor, que faz com que diminuía o tempo de espera do paciente para chegar ao local do atendimento”.
O município foi contemplado através de emenda do Deputado Júnior Ferrari, em parceria com o Deputado Luth Rebelo, a pedido de Cleber Edson, que solicitou juntos aos parlamentares que colocassem essa ambulancha para o rio Piriá.

Continue lendo....

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

SSBV: HILTON LIMA VAI ANULAR NOMEAÇÕES FEITAS POR GETÚLIO

Nem bem esfriou a peleja eleitoral em SSBV dando nas urnas a vitória de Hilton Lima e Dilma Azulay para o quadriênio 2017/2020, o grupo que vai comandar a cidade a partir de janeiro  do ano que vem já começou a colocar a mão pesada de uma nova gestão.
Em recente reunião ocorrida no SINTEPP entre o novo prefeito e sindicalistas, Hilton Lima foi enfático em dizer que vai anular os atos administrativos que nomearam novos servidores aprovados no concurso realizado em 2016.
De acordo com o sindicalista e professor Paulimho Rodrigues, o primeiro ato do prefeito eleito. foi tentar um mandado de segurança para suspender a nomeação dos novos concursados.
"O Mandado de Segurança impetrado por JOSÉ HILTON PINHEIRO DE LIMA contra ato do Sr. Prefeito Municipal desta Comarca, visando interromper o processo de nomeação e posse dos candidatos aprovados no Concurso Público nº 001/2016 promovido pela Prefeitura Municipal de São Sebastião da Boa Vista, até que seja constituída a Comissão Administrativa de Transição de Mandato (CATM), prevista na IN nº 001/2016-TCE/PA e apresentado o demonstrativo de impacto orçamentário e financeiro na forma dos artigos 16 e 17 da Lei Complementar n. 101/2000. 

"Assim que assumir o governo, HIlton Lima vai baixar um decreto anulando a nomeação".
Palavras do prefeito Hilton Lima , na reunião do SINTEP,  ontem.

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

PREFEITURAS VÃO RECEBER O DINHEIRO DA REPATRIAÇÃO NO DIA 30

Pedido feito pelo ministro Helder Barbalho, foi atendido pelo presidente Michel Temer 

 Ao contrário do que diz a medida provisória 753, publicada hoje, o governo vai liberar a primeira parcela da repatriação às prefeituras no dia 30 de dezembro (e não mais no dia 1 º de janeiro).
 Encaminhado pelo ministro Helder Barbalho, o pedido foi atendido pelo presidente Michel Temer. Na prática, isso atende aos interesses dos atuais prefeitos que poderão realizar pagamentos de décimo-terceiro ou incluir a receita no orçamento de “restos a pagar”

Fonte: Veja.com

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

JUSTIÇA ACEITA DENÚNCIA CONTRA GRUPO QUE FRAUDOU SEGURO-DEFESO NO PARÁ

Vereador em Belém e mais 17 réus estão sujeitos a mais de 45 anos de prisão
 A Justiça Federal aceitou denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra 18 acusados de integrarem um esquema no Pará de fraudes na concessão do seguro-desemprego do pescador artesanal, o chamado seguro-defeso. Entre os réus está o vereador em Belém Pastor Raul Batista.
 Os denunciados agora passam a responder processo judicial pelos crimes de estelionato, corrupção ativa e passiva, inserção de dados falsos em sistema de informações, e associação criminosa. As penas para esses crimes, somadas, chegam a 45 anos e oito meses de prisão, e multa.
 A denúncia foi ajuizada pelo MPF em setembro deste ano, mas o processo tramitava sob sigilo até a última segunda-feira, 12 de dezembro. A decisão de recebimento da denúncia, tomada pelo juiz federal Rafael Franklin Bussolari, foi comunicada ao procurador da República Alan Mansur Silva, titular do caso, nesta quinta-feira.
 O esquema de fraudes foi desmontado em outubro de 2015 pela operação Arapaima (nome científico do pirarucu, um dos maiores peixes de água doce do planeta), do MPF e Polícia Federal, após investigação que durou um ano e cinco meses, com participação da Controladoria-Geral da União (CGU).
 Modo de atuação - Os réus, segundo a denúncia, atuavam na sede da Superintendência Federal da Pesca no Pará (SFPA), em Belém, e em postos do Sistema Nacional de Emprego e agências da Caixa Econômica Federal. Também participavam do esquema intermediários ligados a entidades de pescadores (colônias, associações etc) e ex-servidores públicos.
 Em troca de suborno, os servidores públicos e empregados terceirizados da SFPA denunciados privilegiaram representantes de colônias ou associações de pescadores ligadas ao grupo político que comandava a superintendência na época, relata o MPF.
 Os denunciados inseriam informações falsas no banco de dados de beneficiários do seguro-defeso, cadastrando como pescadores artesanais pessoas que não trabalham com a pesca e que não têm direito ao benefício.
 Em apenas um dos meses investigados, a SFPA cadastrou quase 6 mil pescadores, número considerado exorbitante pelos investigadores, na comparação com a quantidade rotineira de registros cadastrados.
 Fraudes variadas - Só em uma amostragem de 58 registros analisados pela CGU foram encontrados beneficiários do seguro-defeso com vínculo empregatício, beneficiários que receberam o benefício antes de terem sido registrados, menores de 18 anos, empresários e servidores públicos.
 Como os pescadores só podem ter acesso ao seguro-defeso depois de um ano de registrados como beneficiários, o grupo também imprimia carteiras de pescador com datas de registro antigas.
 Muitas vezes as fraudes eram feitas fora do horário de expediente, e até mesmo fora do prédio da SFPA, por meio de acesso remoto aos computadores do órgão.
 Testemunhas também denunciaram que pessoas estranhas ao quadro de pessoal do órgão foram vistas acessando o banco de dados.
 Para privilegiar os presidentes das associações e as associações de pescadores alinhadas ao grupo criminoso, os integrantes do esquema chegavam a inventar desculpas para não entregar a carteira de pescador a pescadores que procuravam individualmente o órgão. Os documentos só eram entregues aos presidentes das entidades.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

SSBV; TÉCNICOS DE ENFERMAGEM DEMITIDOS POR REPRESÁLIA

Os últimos dias da gestão desastrosa de Getúlio Brabo em São Sebastião da Boa Vista tem proporcionado episódios de puro abuso de poder.
José Raimundo Farias, secretário de Saúde do município,  que teve passagem por outros dois municípios marajoaras deixando um rastro de incompetência, distratou sem dó nem piedade, oito técnicos de enfermagem do hospital municipal. O secretário autoritário e prepotente, não gostou de ser cobrado pelos técnicos demitidos que reivindicavam os salários atrasados.
De acordo com informações repassadas ao blog, o hospital municipal já se encontra em situação muito difícil, e agora, com os técnicos concursados sobrecarregados, o atendimento deve piorar muito.
"Ele não aceita que servidores cobrem seus direitos e , por represália, os demite", disse um técnico de enfermagem recém-distratado.
O que conforta o povo boavistense é que daqui a 19 dias uma nova gestão assumirá e , tudo indica, que as coisas terão um novo rumo.
Pelo menos é o que todos esperam.

sábado, 3 de dezembro de 2016

ESTUDANTES DE BREVES ENCONTRAM ÍDOLOS DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL


A manhã de treino da Seleção Brasileira Feminina de Handebol nesta quarta-feira (30), na Arena Guilherme Paraense, o Mangueirinho, foi marcada pela emoção de 24 atletas de handebol de duas escolas do interior do Pará. Com idades entre 13 e 17 anos, elas não só assistiram ao treino, como conversaram com as atletas da seleção, e ainda fizeram muitas fotos e vídeos.
As alunas da Escola Municipal Odísia Corrêa Farias, do município de Breves, no Arquipélago do Marajó, e da Escola Estadual Dionísio Bentes de Carvalho, de Rondon do Pará, no nordeste do estado, não seguraram a emoção ao ver de perto campeãs mundiais como Dara, Dani, Babi e Duda Amorim, e choraram muito quando foram recebidas pelas atuais campeãs mundiais de handebol feminino.
Rosana Machado, 14 anos, da cidade de Breves, chamada pelas colegas de time de “Capetinha”, tem como ídolo a armadora lateral Dara - que por estar grávida de quatro meses não jogará pela seleção, mas veio a Belém para apoiar a equipe. O encontro entre as duas arrancou muitas lágrimas de Rosana.
Dara já conhecia algumas das atletas presentes ao ginásio. Ela é embaixadora da competição Jogos Escolares Brasileiros, disputada em setembro e outubro passados, em João Pessoa (PB), com a participação de algumas das atletas dos dois municípios.
Rosana, que joga na mesma posição de Dara, com a camisa número 2, disse que sonha em integrar a Seleção Brasileira, por isso “me empenho muito em ser uma boa atleta. E agora, depois de conhecer essas jogadoras, de vê-las jogando, treinando e de ter conhecido a Dara, vou me empenhar mais ainda. Quero ser professora de Educação Física, mas quero chegar à Seleção”.
Para Dara, o encontro também foi emocionante. “Estou encantada com o carinho dessa torcida de Belém. Eu costumo dizer que o que não tem fora do Brasil é esse calor humano, e as regiões Norte e Nordeste são mais efusivas, eles têm essa paixão pelo esporte mais aflorada. Estou encantada com esse ginásio. Nem sabia que no Brasil tinha um com essa estrutura e beleza. E ver essas meninas foi muito especial. É muito bom saber que somos exemplos para elas. E é isso que nos faz seguir adiante, vestindo e honrando essa camisa há tantos anos”, declarou a atleta.
Presentes - Durante o encontro das paraenses com as atletas da seleção, as adolescentes ganharam camisetas autografadas, fornecidas pelos Correios, patrocinador da Seleção Brasileira.
Os técnicos Ana Cláudia, de Breves, e Antônio Fernandes, de Rondon do Pará, receberam bolas para a prática do handebol, entregues por Glória Martins, presidente da Federação Paraense de Handebol, e Manoel Luiz Oliveira, presidente da Confederação Brasileira de Handebol.
A programação das atletas paraenses inclui ainda assistir à estreia da Seleção Brasileira de Handebol nesta quinta-feira (1º), às 18h45, contra a Seleção de Cuba, no II Torneio Quatro Nações de Handebol, que prossegue até sábado (3), na Arena Guilherme Paraense.

Fonte: Agência Pará

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

ALEPA: SESSÃO ESPECIAL DISCUTE SEGURANÇA NA NAVEGAÇÃO E DRAMA DE VITIMAS DE ESCALPELAMENTO NO PARÁ

Discutir a erradicação dos acidentes por escalpelamento de ribeirinhos nos rios da Amazônia foi o objetivo da Sessão Especial proposta pelo deputado Raimundo Santos, nesta quinta-feira (01/12). Segundo o parlamentar, a sessão foi pedida pelo comando da Marinha, depois do sexto acidente registrado no Pará, neste ano. “Ano passado tivemos 11 casos. Este ano foram seis, mas ainda é muito e é por isso que trazemos essa questão para a Alepa”, diz o deputado Raimundo Santos.
Segundo ele, o trabalho conjunto de prevenção trouxe avanços para o combate aos acidentes. “Conseguimos avançar, antes não havia quem financiasse essa proteção e, hoje, a marinha faz isso sem custos para os donos de barcos. A Capitania dos Portos também faz um bom trabalho de fiscalização”, enumera o parlamentar. “Mas é preciso avançar nessa conscientização, pois ainda há pessoas que recebem a proteção para o eixo da embarcação e só usam na frente das autoridades, depois retiram e causam outras vítimas de acidentes”, conclui ele.
Representantes do Governo Estadual e Municipal, Conselho Regional de Psicologia, Defensoria Pública, Marinha do Brasil, e Ong ORVAM estiveram presentes na sessão.

Continue lendo....

LIMOEIRO DO AJURU: OPERAÇÃO "AJURU LIMPO" COMBATE FRAUDES EM LICITAÇÕES E DESVIO DE RECURSOS

O Ministério Público do Estado (MPPA) cumpriu nesta quinta-feira (1º) 22 mandados de busca e apreensão em seis municípios do Pará. A operação denominada “Ajuru Limpo” visa investigar e combater fraudes em licitações na prefeitura de Limoeiro do Ajuru. Durante a ação foi preso em flagrante o secretário de administração e um agente de portaria por supressão, ocultação e destruição de documento público.
 Além de Limoeiro do Ajuru foram cumpridos mandados nos municípios de Ananindeua, Belém, Abaetetuba, Cametá e Barcarena. As buscas foram realizadas na prefeitura, secretarias municipais, sedes de empresas e nas residências do prefeito, secretários municipais e de empresários.
 A operação contou com a participação do coordenador do Núcleo de Combate à Improbidade e à Corrupção (NCIC), procurador de Justiça, Nelson Medrado, do coordenador do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Milton Menezes e dos promotores de Justiça Bruno Beckembauer, Daniel Bona, Francisco Lauzid, Hélio Rubens, Laércio Abreu, Lorena Moreira Cruz, Francys Galhardo, Ana Maria Magalhães, Augusto Sarmento, Bruno Fernandes e Gruchenhka Freire.
 As irregularidades mais recorrentes encontradas nas licitações e que levaram a deflagração da operação “Ajuru Limpo” foram: não demonstração da realização de pesquisa de preços, visando a comprovação da compatibilidade dos preços propostos com os praticados no mercado, e sua inclusão nos processos licitatórios; documentos referentes às licitações sem a devida autuação, protocolização, rubrica e numeração, inclusive o edital e respectivos anexos, constituídos, dentre outros elementos, de projeto básico e de orçamento estimado em planilhas de quantitativos e preços unitários; ausência de designação de fiscais; ausência de comprovação de publicação dos avisos e resultados dos processos, bem como as ratificações de dispensa; foram verificados casos de Dispensas para locação sem a devida documentação do imóvel e seu proprietário; não foi identificado o Parecer do Controle Interno sobre as licitações realizadas pelo Órgão; não foram encaminhados as Notas de Empenho para as despesas realizadas.
“O Tribunal de Contas dos Municípios afirmou que em vários procedimentos não foram realizadas sequer as cotações de preço e também não existiam projetos básicos. Neste contexto o MP afirma que a falta e cotação visou beneficiara empresas e políticos, pois como poderia alguém comprar qualquer coisa que fosse, sobretudo tratando-se de verbas públicas, sem realizar cotação e preços, deixando obvio que a ideia era fraudar a licitação e posteriormente superfaturar os valores. Não bastasse, também não consta o projeto básico nem fiscal do contrato, evidenciando que sem o projeto a licitação foi fraudada, pois ninguém teria condições de apresentar qualquer orçamento sem ter a noção do que deveria fazer, salvo as empresas que seriam beneficiadas pela fraude”, disseram os representantes do MPPA Nelson Medrado, Bruno Berckembauer e Daniel Bona.
 O material apreendido será agora analisado. Em seguida serão propostas as ações judiciais cabíveis.

Fonte: MPPA

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

SSBV: SUSPEITO DE ESTUPRAR E ENGRAVIDAR A ENTEADA É PRESO

Homem de 21 anos vai responder pelo crime de estupro de vulnerável. Menina tinha 11 anos na época do crime e passa por gravidez de risco.
 Um homem suspeito de engravidar a própria enteada foi preso no município de São Sebastião da Boa Vista, na ilha do Marajó, no nordeste do Pará. De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (29) pela Polícia Civil, o suspeito tem 21 anos e vai responder pelo crime de estupro de vulnerável. Ainda segundo a polícia, a menina tem 12 anos de idade, mas tinha 11 anos na época do crime e passa por um gravidez de risco.
Após investigação da Polícia Civil, o delegado Társio Martins solicitou a prisão preventiva do suspeito, que foi cumprida na última quinta-feira (24), de acordo com a Polícia Civil.

Fonte: G1 Pará

terça-feira, 29 de novembro de 2016

MUANÁ: MINISTÉRIO PÚBLICO ENTRA COM ACP PARA REGULARIZAR TRANSPORTE ESCOLAR


O Ministério Público de Muaná, através de sua representante, Juliana Dias Ferreira de Pinho Palmeira, promotora de justiça titular, ingressou no último dia 24 de outubro com Ação Civil Pública para regularizar o transporte escolar por meio fluvial no município de Muaná.
A ação civil pública foi motivada devido a dificuldade em que os alunos da zona rural do município encontram-se para chegar até a escola, haja vista que o transporte escolar foi suspenso desde do dia 04 de outubro.
 Os familiares dos alunos dirigiram-se a Promotoria de Justiça para denunciar a falta de transporte, pois estão preocupados com a iminente perda do ano letivo.
 Ressaltasse que em reunião com a gestão do município, a Promotoria de Justiça já havia entregue em mãos para o prefeito Sergio Murilo dos Santos Guimarães e para o secretário de Educação José Guilherme Cobel recomendação. O documento objetivou normalizar o transporte escolar.
 Contudo, o Ministério Público de Muaná vem cumprindo seu papel incansavelmente, trabalhando pautado na garantia de direitos da criança e do adolescente.

Fonte: MPPA

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

BANPARÁ INAUGURA AGÊNCIA EM MELGAÇO

O Banco do Estado do Pará (Banpará) inaugurou nesta segunda-feira (28) a primeira agência no município marajoara de Melgaço. É a oitava agência aberta desde 2010 no arquipélago e a 66ª unidade - somando-se também os postos de atendimento - instalada desde que se iniciou um esforço estratégico para ampliar e fortalecer a rede de atendimento do banco em todo o Estado, de forma a contribuir com o desenvolvimento das mais diversas localidades do Pará. Somente em Melgaço vivem 26,1 mil habitantes, que agora passam a contar com todos os serviços que a instituição oferece.
A expansão da rede atesta a saúde financeira e o bom desempenho do banco estadual no cenário nacional. Até fevereiro de 2017 a previsão é que mais seis unidades sejam instaladas, totalizando 114 e 97 municípios atendidos. A meta do Banpará é alcançar todos os 144 municípios paraenses com pelo menos uma agência até o final de 2019.
 Um balanço geral do crescimento do banco estadual expõe o avanço da sua presença em todo o Estado, num cenário onde, recentemente, grandes instituições financeiras, como o Banco do Brasil, tendem a fechar agências para reduzir custos e investir em outras frentes de atendimento. Em dezembro de 2010, o Banpará tinha apenas 42 agências instaladas em 57 dos 144 municípios paraenses. Ao final de 2016, terá um saldo de 109 agências instaladas (um avanço de 257% em unidades de atendimento) em um total de 93 municípios do Estado (um crescimento de abrangência da presença do banco no Pará de 161%).

Fonte: AGPA

domingo, 27 de novembro de 2016

"FESTIVAL DE GOSTOSURAS" REFORÇA O NATAL SOLIDÁRIO EM BREVES

A ação faz parte do Natal Solidário que o HRPM promove anualmente
Neste domingo (27), a partir das 17h, o Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) do Hospital Regional Público do Marajó (HRPM), em Breves, promoverá o “Festival de Gostosuras”, na Praça do Operário, com vendas de comidas, doces e salgados variados, além de sucos e refrigerantes para a comunidade. A programação contará ainda com apresentação cultural de artistas da terra.
 A ação faz parte da sexta edição do “Natal Solidário” que o hospital, com apoio dos colaboradores e da comunidade local, promove anualmente para proporcionar um Natal mais feliz e fraterno para centenas de famílias do município, beneficiadas com a doação de alimentos não perecíveis, redes, roupas, material de higiene pessoal e limpeza, além de brinquedos, que serão arrecadados em ações diversas.
 O diretor executivo do hospital, Joaquim Fonseca agradeceu a adesão dos colaboradores em mais edição do evento. “A mobilização é anual e já faz parte do calendário da instituição. O espírito de união é fortalecido com essa ação, que leva mais alegria e renova as esperanças de centenas de pessoas”, ressaltou.
 Toda a produção dos alimentos e bebidas que serão comercializados no domingo estará sob a responsabilidade de colaboradores voluntários do HRPM que estão engajados na causa solidária. Os recursos arrecadados serão destinados à aquisição de itens para a campanha natalina.
 De acordo com Joaquim Fonseca, o projeto do Natal Solidário 2016 foi apresentado aos colaboradores no dia deste mês, com a formação de duas equipes - azul e vermelha - para incentivar a competição. A pontuação será computada de acordo com o número de itens obtidos por cada equipe. No entanto, o diretor reforça que isso é apenas uma brincadeira, para dar mais motivação. “Ao final todos somos vencedores e os usuários e a população os grandes beneficiados”, declarou.
 Outras atividades estão previstas, mas ainda em datas a serem definidas. Entre elas estão o Bazar Solidário e a Gincana Solidária. Todas com a mesma finalidade: maior integração e arrecadação recursos com a comercialização de produtos para o “Natal Solidário”.

Continue lendo....

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

PORTEL E MELGAÇO: OLIMPÍADAS DA FLORESTA DE CAXIUANÃ - UMA MARATONA DE CIÊNCIA, ARTE E EDUCAÇÃO

A VIII edição do projeto educativo do Museu Goeldi inicia hoje alterando a rotina da Estação Científica Ferreira Penna da sesquicentenária instituição. Até o dia 28 o que vai predominar na base avançada do Goeldi na Flona de Caxiuanã é a vibração de 120 estudantes de escolas rurais. Neste ano, essa juventude estará recebendo e trocando informações com uma delegação de estudantes americanos e de jovens artistas de Marabá.
Bem cedinho, na manhã dessa quarta-feira (23), barcos de dezenas de comunidades de Portel e Melgaço aportaram no trapiche da Estação Científica Ferreira Penna (ECFPn), na Floresta Nacional (Flona) de Caxiuanã, localizada na divisa entre os dois municípios marajoaras. Dentro deles, saem 120 estudantes do ensino fundamental, rumo a uma maratona de ciência, arte e educação, que saúdam festivamente com um canto de chegada. É o começo de mais uma Olimpíada de Ciência da Floresta Nacional de Caxiuanã, que turbilhona até o dia 28 o cotidiano da base do Museu Goeldi. As Olimpíadas de Caxiuanã fazem parte da programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.
Coordenado pela educadora Socorro Andrade e realizado pelo Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), com a parceria das Prefeituras dos municípios de Portel e Melgaço, as Olimpíadas é um projeto de divulgação científica e inclusão social, que chega ao seu oitavo ano com novidades: os participantes terão contato com pessoas, histórias e culturas de diferentes regiões do estado do Pará e países (Brasil e Estados Unidos) cuja vida está conectada a rios e baias.

Continue lendo....

Fonte: Agência Museu Goeldi

terça-feira, 22 de novembro de 2016

GURUPÁ: TORRE DA OI É DERRUBADA

TV Liberal e TV Cultura estão fora do ar na cidade.


Na madrugada desta terça-feira, 22, a torre de transmissão da OI em Gurupá, desmoronou. Segundo o funcionário da Funtelpa, Osmarino Pimentel, alguém ateou fogo em uma das bases da estrutura metálica, que mede exatos 84m.
Devido existirem vários pontos de fixação, sustentados por cabos de aço, a antena desmontou no decorrer da queda, evitando, portanto, que as residências próximas fossem atingidas.
Inaugurada no início da década de 80, a torre que pertence a empresa de telecomunicações OI, além de ser utilizada pra a telefonia, serve para transmitir o sinal de TV, da Liberal e Cultura.

Fonte: Dailton Palheta

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

"PIRATAS" TENTAM ASSALTAR NAVIO REI SALOMÃO

Foto extraída do perfil do Rei Salomão no facebook.
Na madrugada dessa segunda-feira (21), na quarta curva do Arrozal (Barcarena), bandidos tentaram assaltar o N/M Rei Salomão, que faz a linha Belém/Portel/Belém.
De acordo com relatos de passageiros, às 4:30 da madrugada escutou-se vários tiros disparados para impedir que os "piratas" invadissem a embarcação.
Apesar do susto, passageiros desembarcaram ilesos há pouco no Porto Pantoja, na Bernardo Sayão.

Com informações de Jose Ribamar (Rádio Arucará -Portel)

sábado, 19 de novembro de 2016

MUANÁ: MURILO GUIMARÃES NÃO SERÁ DIPLOMADO

Foi o que decidiu ontem (18) o juiz substituto Roberto Rodrigues Brito Junior em despacho publicado no mural do fórum de Muaná.

O prefeito de Muaná, Sérgio Murilo dos Santos Guimarães, e seu vice, Éder Azevedo Magalhães, que "venceram" a eleição no ultimo dia 02 de outubro por incríveis 9 votos de diferença para a segunda colocada, Irá, do PRB, respondem, juntamente com a secretária municipal de Assistência Social Kewyn Katy Pyles, à AIJE ( Ação de Investigação Judicial Eleitoral) de Nº 0000279 98.2016.6.14.0010 , que pede a cassação de diploma e cassação de registro de candidatura.
A eleição em Muaná foi bastante tumultuada, inclusive  com a prisão da secretária de Assistência Social do município, flagrada distribuindo 300 cestas básicas.
O despacho do juiz também pede o afastamento de Murilo Guimarães e da secretária de Assistência Social, Kewin Pyles.
A decisão do magistrado cabe recurso em instância superior.

Fonte: TSE

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

POLICIA CIVIL COMBATE FURTOS E ROUBOS NA REGIÃO RIBEIRINHA DE PORTEL

Durante a operação em Portel, foi preso em flagrante Aglerivaldo Martins, suspeitos de cometer roubos com  arma de fogo
A Polícia Civil divulgou, nesta quinta-feira, 17, os resultados de operação realizada em rio Pacajá, zona rural de Portel, na ilha do Marajó, para combater assaltos contra a comunidade que mora na região ribeirinha. Durante a operação, foi preso em flagrante Aglerivaldo Martins Lisboa, suspeito de cometer roubos com uso de arma de fogo. Com ele, os policiais civis apreenderam uma cartucheira de fabricação russa calibre 16. A ação policial foi realizada nos últimos dois dias.
 O delegado Paulo Junqueira, titular da Delegacia de Portel, explica que a operação policial foi resultado de denúncias sobre assaltos cometidos contra moradores da comunidade. "Devido ao clamor dos ribeirinhos, fomos apurar crimes de furto e roubos, inclusive assalto a embarcação", detalha. Durante a operação, os policiais civis revistaram a casa do acusado e apreenderam no local a arma de fogo e alguns cartuchos do mesmo calibre da arma.
 As suspeitas são de que o armamento era usado nos crimes. Ainda, conforme o delegado, Aglerivaldo já teve, em outra ocasião, mandado de prisão temporária decretado pela Justiça de Melgaço sob acusação de envolvimento em um latrocínio (roubo seguido de morte) na região. Ele agora vai permanecer preso à disposição da Justiça. As investigações sobre os crimes irão continuar.

Fonte: AGPA

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

EMATER E EMBRAPA DEBATEM IMPLANTAÇÃO DO "ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO AÇAÍ" NO PARÁ

Técnicos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater-Pará) começaram a analisar, durante reunião realizada nesta quarta-feira (16), a proposta de implantação do Arranjo Produtivo Local do Açaí (Aplaçaí) no Pará. O encontro foi no Escritório Central da Emater, em Marituba.

Na reunião foram apresentadas três regiões de Arranjos Produtivos Locais do Açaí: Arranjo Marajó, Nordeste Paraense e Tocantins. No primeiro, cinco municípios estão inseridos (Breves, Curralinho, Muaná, Ponta de Pedras e São Sebastião da Boa Vista). No Nordeste Paraense, seis municípios fazem parte (Castanhal, Igarapé-Açu, Inhangapi, Paragominas, São Miguel do Guamá e Tomé-Açu). E no Arranjo Tocantins, cinco cidades foram selecionadas (Abaetetuba, Igarapé-Miri, Cametá, Limoeiro do Ajuru e Oeiras do Pará).
 O nivelamento das ações das duas empresas relativas impulsiona outros importantes projetos complementares, nas áreas de pesquisas e conhecimento, que auxiliam a proposta de sustentabilidade socioeconômica e ambiental dos empreendimentos que envolvem os produtores de açaí.
 Nesse cenário, encontram-se mais de 13 mil pequenos proprietários ribeirinhos, mais de 15 mil batedores artesanais, agroindústrias locais e exportadoras, entre outros elementos ativos da cadeia produtiva. Tais atividades agregam para a agricultura familiar oportunidades de geração de renda por meio do fruto durante todo o ano, seja comercializando a matéria-prima do açaizeiro, ou mesmo os subprodutos.
 O desafio inicial do projeto será a implantação de um portal que apresentará informações sistematizadas sobre mercado e relações socioeconômicas entre os diferentes agentes que atuam na cadeia produtiva para disponibilizá-las a todos os interessados. Pela Embrapa, lidera o projeto Alberto Willian Viana de Castro. Já pela Emater, quem está à frente é o diretor-técnico Rosival Possidônio.

Fonte: Agência Pará

terça-feira, 15 de novembro de 2016

PIRATAS ROUBAM E AGRIDEM RIBEIRINHOS

Quatro homens armados assaltaram uma família ribeirinha, na região das Ilhas de Belém
Meus pais mudaram de Belém em busca de um lugar tranquilo para viver”, conta a jornalista Josiele Soeiro, 28, em sinal de desabafo sobre o que aconteceu com os familiares na noite do último domingo (13). Os pais dela foram vítimas de 4 assaltantes armados, um seria menor de idade. Todos estão foragidos. O casal mora na Ilha do Maracujá, na região administrativa de Belém, uma localidade, até então, considerada amena por eles, mas que já não é mais tão calma como se pode imaginar.
 “Os assaltantes invadiram a casa, os machucaram, humilharam e assaltaram”, descreve Josiele que, somente ontem (14), pôde registrar o Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Fluvial, que vai investigar o caso. Também na tarde de ontem, outra família ribeirinha procurou pela Polícia Fluvial para registrar que foi vítima de 4 assaltantes armados que invadiram a casa onde moram, na região das ilhas. A família teve seus pertences roubados e foi agredida, ou seja, dois crimes com as mesmas características e que já começa a assustar a população ribeirinha da capital paraense.
 O pai de Josiele tem 59 anos de idade, é feirante, e a mãe tem 57 anos. Os dois tiveram os nomes preservados, porque estão com medo de que os bandidos possam voltar e matá-los. A mãe nasceu na ilha e nunca havia passado por uma situação como esta. Abalada, quando ouve o ruído do motor de qualquer embarcação próximo de sua casa, entra em pânico.

 RELATO
 Os pais de Josiele já estavam dormindo quando, pouco depois das 23h30, acordaram com a ação brutal dos suspeitos que adentraram a casa derrubando a porta da frente. “Eles amarraram os meus pais, procuravam por dinheiro e armas, mas não temos isso em casa”, relatou Josiele. “Eles reviraram a casa toda, então começaram a agredir os meus pais”, acrescentou.
 Mesmo sem encontrar dinheiro e armas, os assaltantes roubaram os aparelhos de televisão e de som, roupas, tênis e também a lancha do casal – até então, o item de maior valor que foi roubado. “Um dos suspeitos ainda chegava a debochar, dizendo que nada ia pegar para ele, porque era menor de idade”, exclamou a jornalista.

 INVESTIGAÇÃO -
Na Delegacia de Polícia Fluvial, policiais civis que estavam de serviço confirmaram para a reportagem do DIÁRIO que a denúncia havia sido registrada e que as investigações já estão em andamento. - A polícia suspeita que o caso relatado pela jornalista Josiele Soeiro se trate de um grupo de piratas que começou a assaltar não somente embarcações, mas também ribeirinhos.

 (Denilson D’Almeida/Diário do Pará)

sábado, 12 de novembro de 2016

GURUPÁ: POLÍCIA INVESTIGA CRIMES COMETIDOS NAS REDES SOCIAIS

Equipamentos eletrônicos apreendidos.
A Polícia Civil instaurou inquérito policial para investigar denúncias de "cyberbullying", crime cometido por meio de redes sociais, no município de Gurupá, no arquipélago do Marajó no Pará. Moradores da cidade tiveram fotos pessoais usadas indevidamente em montagens, conhecidas como "memes", e divulgadas por meio de grupos de WhatsApp e em páginas no Facebook. Dois dois suspeitos de serem os autores das montagens foram conduzidos coercitivamente por ordem judicial para prestar depoimento, nesta sexta-feira, (11), na Delegacia do município. Com eles, foram apreendidos nove aparelhos de telefonia móvel, um tablet e sete dispositivos eletrônicos tipo pendrive, além de três computadores portáteis tipo notebook, e um monitor.
Os objetos apreendidos serão periciados para apurar se foram usados nas postagens. Segundo o delegado titular da Polícia Civil de Gurupá, Geraldo Pimenta, a investigação teve início depois que três mulheres, que moram na cidade, procuraram a Delegacia para fazer a denúncia do crime cometido por meio de redes sociais. Elas mostraram ao policial civil os "prints" das montagens postadas em que suas imagens, que estavam postadas em páginas pessoais no Facebook, foram usadas indevidamente em memes do tipo "expectativa x realidade", em que duas fotos eram postadas lado a lado para serem comparadas.
Em uma das fotos, em que estava a palavra "expectativa", foram usadas fotos de "belas mulheres " em propagandas de festas de música eletrônica, do tipo "rave", expostas na internet, e ao lado na montagem, foi usada uma foto em que as três moradoras da cidade aparecem em um evento ocorrido no município, com a palavra "realidade". Os memes foram compartilhados em redes sociais e em grupos de WhatsApp de moradores da cidade, até chegarem ao conhecimento das vítimas. "As montagens tinham como objetivo causar constrangimento às pessoas", relata o policial civil.
Ainda, de acordo com o delegado, com base nas investigações, os dois suspeitos foram identificados e tiveram os mandados de condução coercitiva expedidos pela Justiça de Gurupá para serem ouvidos no inquérito policial. Em depoimento, os suspeitos negaram a autoria das montagens, mas admitiram que receberam os memes em um grupo de WhatsApp e compartilharam as montagens em outros grupos. Após os depoimentos, os suspeitos foram liberados. Outras duas pessoas são investigadas sob suspeita de estarem envolvidas no crime virtual. A Polícia Civil alerta que é crime fazer montagens ou compartilhar imagens de pessoas de forma indevida nas redes sociais.

 (Com informações da PC)

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

ALIMENTOS "EMBUTIDOS" PODEM SER PROIBIDOS EM ESCOLAS ESTADUAIS

Os alimentos comercializados como salsichas, linguiças, salames, mortadelas e chouriços, produzidos pelo enchimento de tripas de animais ou artificiais com recheio a base de carne, vísceras, gordura, sangue, especiarias ou ingredientes como conservantes e aromatizantes devem ser proibidos nos cardápios da merenda de escolas e creches da rede pública de ensino estadual. A proibição vem pelo Projeto de Lei apresentado pelo deputado Chicão que prevê a proibição de oferta de alimentos “embutidos” para os estudantes, inclusive, no comércio de lanches e refeições e também em festividades organizadas nas instalações das escolas.
 O objetivo do deputado é a promoção da saúde de crianças matriculadas em escolas e creches da rede pública estadual, ao vedar o consumo desses produtos embutidos que são ricos em colesterol, gordura animal, cloreto de sódio e vários agentes químicos conservantes, antioxidantes, aromatizantes, entre outros, que estão associados fortemente ao desenvolvimento da obesidade infantil, redução da expectativa de vida, aumentando a incidência de doenças coronárias, diabetes e outras doenças.
 A desobediência à Lei, segundo o projeto, prevê a apreensão do material, multa e até a cassação da licença de funcionamento de empresas fornecedoras e operadoras de cozinha e lanchonetes.
O deputado Chicão solicita ainda que o Poder Executivo faça ampla campanha entre professores, estudantes e funcionários das escolas para alertar sobre os males causados pelos alimentos embutidos.

Fonte: ALEPA

terça-feira, 8 de novembro de 2016

REPATRIAÇÃO DE RECURSOS DO EXTERIOR AINDA DEPENDE DO PROCURADOR-GERAL RODRIGO JANOT

Em maio, o PPS entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) contra a lei de repatriação de divisas. Agora, a medida depende da análise da Procuradoria Geral da República. De acordo com a coluna Radar Online, o procurador Rodrigo Janot mantém, desde então, silêncio absoluto sobre o caso.
 Para piorar, ainda segundo a coluna, Janot tem precedente de restrição à repatriação. Em setembro, o Solidariedade entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade para que famílias de políticos não fossem beneficiadas pela anistia. E o procurador atendeu ao pedido do partido em apenas três semanas.
Segundo a CNM, a repatriação vai render aos cofres dos municípios marajoaras aproximadamente R$ 16 milhões.  leia AQUI

Fonte: Bahia Noticias

domingo, 6 de novembro de 2016

GRUPAMENTO FLUVIAL APREENDE MAIS DE 40 MIL LITROS DE DIESEL EM MUANÁ

Os mais de 40 mil litros de óleo diesel que haviam sido roubados de uma balsa da Petrobras estavam acondicionados em tambores. 

 No último sábado (5), integrantes do Grupamento Fluvial, formado por policiais civis e militares, recuperaram em Muaná, região do Marajó,mais de 40 mil litros de óleo diesel que haviam sido roubados de uma balsa da Petrobras. O combustível estava acondicionado em tambores. Também foram recuperados motores e objetos. Todo material está avaliado em mais de R$ 200 mil.
 Na ação do GFlu foram apreendidos, ainda, dois barcos que, segundo o diretor do Grupamento, Dilermando Dantas, eram utilizados nos assaltos praticados por “piratas”.
 Os policiais levaram quatro dias até chegar ao local onde os produtos estavam escondidos. “Até o momento não localizamos nenhum dos responsável pelos assaltos, mas boa parte dos piratas já foi identificada", informou o delegado. Ainda segundo Dantas, os procedimentos já foram tombados na delegacia de Afuá, onde também foram tomados os depoimentos de duas pessoas envolvidas na receptação de parte do óleo roubado do ferryboat “Ana Beatriz”, no dia 22 do mês passado.
 Ainda de acordo com o GFlu, todo o material recuperado foi encontrado em um igarapé no rio Bento, que desemboca na Baía do Vieira, já no Rio Amazonas. O local fica a uma hora de lancha da cidade de Macapá. Um motor foi encontrado já dentro de uma oficina.
Todo óleo e restante do material recuperado já está a caminho de Belém e sendo transportado por uma balsa que presta serviço à Petrobras. Os barcos usados nos assaltos também seguem para a capital. Eles estavam em um igarapé com alguns tambores a bordo. Bem próximo de lá foram encontrados coletes pertencentes à balsa, além de bombas de óleo, mangueiras e outros materiais.
Parte do combustível estava escondido no meio de vegetações. Uma lancha do Grupamento Fluvial está fazendo a escolta do produtos apreendidos até a capital paraense, que ficarão inicialmente na sede do GFlu.

Fonte: Agência Pará

MARAJÓ RECEBERÁ MAIS DE R$16 MILHÕES DA REPATRIAÇÃO DE RECURSOS DO EXTERIOR

O montante para os 16 municípios marajoaras é de R$ 16.314.220,68.  

A Receita Federal informou nesta terça-feira, 1.º de novembro, que o programa de regularização de ativos no exterior, também conhecido como repatrição de recursos, trouxe de volta à economia brasileira R$ 169,9 bilhões. Desse total, foram arrecadados R$ 50,9 bilhões, referentes ao Imposto de Renda (IR) e multa da formalização dos valores.
 A Confederação Nacional de Municípios (CNM) explica que o valor repatriado é diferente do valor arrecadado. O primeiro refere-se ao montante declarado pelo contribuinte ao governo federal, e portanto, trazido ao Brasil. Já o valor arrecadado é o valor obtido pelo governo com a aplicação das devidas multas.
 A partilha dos valores do IR respeitam os percentuais do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e, por isso, os Municípios receberão 22,5% desse valor, o que equivale a R$ 5,726 bilhões. Um pequeno montante de R$ 332 milhões de repatriação já foi pago no último decêndio de outubro. A expectativa é de que os valores restantes sejam repassados às prefeituras até o segundo decêndio de novembro, juntamente aos valores normais repassados de FPM.
Leia a matéria completa  AQUI

Veja quanto cada município receberá



Fonte : CNM

terça-feira, 25 de outubro de 2016

NOVA GESTÃO PARA RESPEITAR OS DIREITOS DO POVO BOAVISTENSE

Trago ao palanque o comentário deixado mo post  HILTON LIMA VENCE ELEIÇÃO EM SSBV


Hilton Lima: prefeito eleito de SSBV terá um grande desafio
"...O povo boavistense venceu nas ultimas eleições, nosso município estava entregue nas mãos de gente gananciosa. Infelizmente, a procedência humilde da maioria que participou da gestão de 12 anos de mandato, não os certificou de quão é importante ser honesto e pensar no próximo. Muitos enriqueceram de forma ilícita, nosso dinheiro foi extraviado na campanha para permanência de um governo que já se apresentava falido, hoje os salários dos prestadores de serviço estão atrasados, todos sabemos quem eram os candidatos da situação, estes gastaram dinheiro dos recursos públicos sem dó e nem piedade, para tentar uma eleição, sabemos que eles não passavam de pessoas humildes, filhos de boavistenses humildes, que de uma hora para outra apareceram com recursos financeiros, como se fosse empresários de muitos tempos. Ocorreu em boavista, a famosa luta do bem contra o mal, de um lado pessoas que se corromperam, usaram o dinheiro público para fazer a velha e suja política, enquanto a população carecia de serviços básicos de saúde, moradia, saneamento, trabalho. Hilton Lima de outro lado, com a humildade sem recursos, apenas com o apoio do povo, venceu a eleição, mas venceu trazendo novas perspectivas, o povo acreditou em suas proposta, acreditou que Boa Vista pode voltar a ser um bom lugar, com segurança, acesso aos serviços, educação, longe de qualquer mal, principalmente de gestores que pensam, unicamente, em si e não tem a mínima responsabilidade com os recursos públicos. Fazer política na atualidade nada mais é que ter responsabilidade com o povo, os recursos devem ser aplicados de forma correta e principalmente, o bom gestor, deve ver o dinheiro público como algo que garantirá direitos a sociedade e não como seu, ou objeto de barganha política. Espero que Hilton Lima tenha uma nova visão de gestão, onde os interesses do povo devem ser respeitados...."

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

QUILOMBO DE GURUPÁ: MPF PEDE SEGURANÇA, DEMARCAÇÃO E RETIRADA DE FAZENDEIRO DA ÁREA

Conflito entre quilombolas e Liberato Magno de Castro, que ocupa ilegalmente as terras, já dura décadas. Em setembro, milícia atacou a tiros a comunidade, ferindo um morador 

Foto: Waldenir Lichthenthaler/MPF-PA
 O Ministério Público Federal (MPF) entrou com três ações judiciais tratando da situação de conflito que vivem os moradores da comunidade quilombola Gurupá, no arquipélago do Marajó. A comunidade foi atacada a tiros por milicianos no último mês de setembro e um morador foi atingido na barriga. Ele está internado em um hospital de Belém, fora de perigo. O ataque acirrou a tensão que já dura décadas entre os moradores e o fazendeiro Liberato Magno de Castro, que ocupa ilegalmente terras públicas e disputa áreas quilombolas.
 Mesmo com o reconhecimento pela presidência da República, em abril desse ano, de que o território é quilombola, uma milícia, suspeita de ter cometido o ataque de setembro, continua atuando. Há possibilidade do envolvimento de policiais na milícia. Nas ações iniciadas essa semana o MPF pede que a Polícia Federal e Força Nacional de Segurança sejam enviadas para a região, requer a conclusão da demarcação no prazo de 60 dias e a retirada imediata do fazendeiro Liberato de Castro das terras públicas que ocupa ilegamente.
Em uma das ações, que tem como réus a União, o estado do Pará, a Fundação Palmares e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) o MPF pede concessão de liminar para “imediata e efetiva proteção à vida e integridade física aos quilombolas de Gurupá, inclusive com todo apoio logístico e financeiro para o policiamento ostensivo, preventivo e repressivo, terrestre e fluvial, com atuação da Polícia Federal, Força Nacional de Segurança Pública, Polícia Militar (por policiais que nunca atuaram formal ou informalmente no local”. A medida deve incluir instalação de cercas e placas na região para afastar invasores.
 A segunda ação tem como réu o Incra e pede que seja dado prazo de 120 dias para conclusão definitiva do procedimento de demarcação do território quilombola, que já dura 10 anos. Durante esse período, o Incra deve, se a Justiça conceder os pedidos do MPF, encerrar o estudo sobre a cadeia dominial das propriedades que incidem sobre o território e promover a retirada dos ocupantes não-quilombolas.
 Na terceira ação, contra a União, o pedido de liminar do MPF é para que a Secretaria de Patrimônio da União (SPU), promova a regularização fundiária da área ocupada ilegamente pela fazenda São Joaquim Agropecuária Ltda e pelo fazendeiro Liberato Magno da Silva Castro, anulando títulos e registros particulares inválidos e retirando os ocupantes ilegais.

Fonte:  Ministério Público Federal no Pará -
 Assessoria de Comunicação

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

BREVES: EMATER APOIA PRODUÇÃO DE CHOCOLATE COM 100% DE CACAU

A cada 600g de sementes resultam em uma barra de meio-quilo do doce
No Marajó, entranhada na floresta de Breves, onde uma residência chega a se distanciar quilômetros de qualquer outra, Maria Júlia Sena, de 76 anos, pelo menos duas vezes por semana separa amêndoas das árvores nativas às margens do rio Tucanaçu e prepara uma iguaria: chocolate 100% cacau, rústico e diferenciado. Na entressafra, de julho a dezembro, a frequência diminui para uma vez por mês.
Cada 600g de sementes resultam em uma barra de cerca de meio quilo do doce pronto, a partir de descascamento, pilagem e torrefação no fogareiro de chão. O processo é exclusivamente artesanal e dura mais ou menos uma hora. Não é necessária nenhuma refrigeração para se alcançar o ponto. Na propriedade não há energia elétrica. As barras acabam consumidas pelos dois netos e também embaladas decorativamente em folhas de arumã, servindo de presente para amigos e parentes. “Herdei essa receita dos meus pais, que herdaram dos meus avós, que herdaram dos meus bisavós... Não dá nem pra contar como e de onde apareceu. É uma tradição da gente”, diz.

Continue lendo....

domingo, 16 de outubro de 2016

"NOVO AMAPÁ": MAIOR NAUFRÁGIO DO BRASIL SERÁ CONTADO EM LONGA-METRAGEM

Extraído do Blog SANTANA DO AMAPÁ

O barco deixando o Santana em janeiro de 1981
Um dos assuntos mais comentados nas redes sociais, durante essa semana, foi sobre um longa-metragem que será produzido no Amapá, contando um dos mais tristes episódios da navegação brasileira, que é o naufrágio do Barco-motor “Novo Amapá”, ocorrido na fronteira marítima entre o Estado do Pará e o Amapá, em janeiro de 1981.
O anúncio foi feito no último dia 08 de outubro, pelo ator-diretor de artes Wagner Júnior, que esteve em Macapá para participar da aula inaugural de uma oficina de interpretação cênica para TV e Cinema, coordenado pela produtora Monique Araújo.

 Naufrágio
O Barco-motor “Novo Amapá” naufragou na foz do Rio Cajarí na noite de 06 de janeiro de 1981, oito horas após deixar o Porto de Santana, levando mais de 600 pessoas a bordo.
Segundo dados (da época) repassados pelo Governo do Amapá, mais de 350 pessoas morreram e cerca de 30 nunca chegaram a ser encontrados, levando o fato ao topo dos maiores desastre da navegação mundial, sendo ele o 13º maior naufrágio do planeta

Leia a matéria completa AQUI

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

EMPRESA PROPRIETÁRIA DO FERRY-BOAT SANTO EXPEDITO EMITE ESCLARECIMENTOS



Nós da empresa JR Navegação, proprietária do Ferry Boat Santo Expedito vimos a público esclarecer o fato ocorrido na noite do dia 04/10/2016 no Trapiche Hidroviário de São Sebastião da Boa Vista.
Em primeiro lugar queremos pedir desculpas a todas as pessoas que passaram pelo transtorno quanto a lotação e horário de saída da nossa embarcação. Nós jamais iremos querer tratar mal qualquer passageiro nosso, não importando a sua localidade, pois nós precisamos de todos eles, e seria uma burrice de nossa parte cometer tal ato. Entretanto, ontem, o nosso vendedor de passagens cometeu um erro gravíssimo em vender uma quantidade muito alta de passagens sem antes nos comunicar, e já estávamos vindo com um pouco mais da metade da lotação de curralinho, porém interrompemos as vendas no local para ainda trazer alguns passageiros de Boa Vista para cumprir nosso compromisso.
Infelizmente quando chegamos muitas pessoas acabaram entrando na embarcação e vários não tinham passagem, criando assim um tumulto enorme e superlotando a embarcação.
Nós que prezamos pela segurança e respeito, jamais iríamos sair do porto com a balsa superlotada, por isso nós chamamos a polícia para nos dar suporte. pois ninguém queria sair da embarcação para fazer a recontagem e confirmação de quem tinha os bilhetes. Muitas pessoas também que tinham comprado passagem acabaram não viajando, e tiveram seu dinheiro devolvido.
Nós lamentamos profundamente esse ocorrido e pedimos mais uma vez desculpas pela nossa falta de comunicação quanto a questão de venda de bilhetes, fato que jamais ocorreu nos nossos três anos de operação.
Esperamos profundamente que aceitem esses pedidos de desculpas, pois  precisamos dos passageiros e estamos abertos a todo tipo de esclarecimento, dúvidas e sugestões para a melhora da segurança e conforto pelos rios da nossa querida Amazônia.

Atenciosamente
JRN  Navegação

EMBARCAÇÃO DEIXA PASSAGEIRO BOAVISTENSE "A VER NAVIOS"

O ferry-Boat Santo Expedito, que faz linha entre Belém e Oeiras do Pará, com escalas de São Sebastião da Boa Vista e Curralinho, proporcionou momentos de ira e indignação aos mais de cem passageiros que embarcariam em SSBV.
A embarcação que já saiu de Oeiras com superlotação, chegou o município de SSBV por volta das 22;30 sem condições de suportar mais passageiros, mesmo tendo vendido antecipadamente as passagens, o que provocou um grande tumulto no Hidroviário Municipal. A polícia foi acionada para controlar a situação e impedir que a embarcação seguisse viagem sem os passageiros boavistenses, e após horas de negociação, alguns passageiros conseguiram embarcar.
A boavistense Fermina Cardoso, de 83 anos,  tinha consulta inadiável marcada na capital para a manhã desta quarta-feira (05) e não pode viajar, mesmo tendo direito garantido de prioridade pelo Estatuto do Idoso.
Já na manhã dessa quarta-feira, de acordo com relatos , os tripulantes da embarcação pediram que os passageiros em excesso "desatassem" suas redes para que quando a CPAOR , que está nos rios fazendo fiscalização por conta do período do Círio de Nazaré, fizesse a abordagem, não encontrasse qualquer irregularidade.
Essa humilhação imposta ao povo boavistense precisa acabar. Já chega de ser tratado como animal indo pro abate.

Com informações e fotos de Nonato Cardoso.




terça-feira, 4 de outubro de 2016

GOVERNO LANÇA VOO PARA SOURE E BREVES

Foto: Sidney Oliveira (Ag. Pará)
Depois do lançamento da lancha rápida para o Marajó, em novembro do ano passado, o Governo do Estado dá mais um passo importante para o desenvolvimento do turismo na região do arquipélago. Na manhã desta segunda-feira, 3, aconteceu o voo inaugural para o município de Soure, dentro do
programa “Voe Pará”, uma das 17 medidas do programa Pará 2030, anunciado pelo governador Simão Jatene em junho deste ano.
Com o “Voe Pará”, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), quer ampliar a malha aérea regional paraense promovendo a circulação do turista no Estado e assim abrindo novas oportunidades de mercado.
 “A partir de agora, teremos uma melhora significativa na acessibilidade em nosso Estado. No caso do Marajó, particularmente, uma das grandes queixas do empresariado era a dificuldade no acesso. Nós já tínhamos implementado a lancha rápida e agora, criamos essa linha aérea, com duas opções de voos por semana”, comemorou o secretário de estado de Turismo, Adenauer Góes.
Os voos para Soure e Breves serão realizados no Cessna Grand Caravan, (foto)  uma econômica, robusta e segura aeronave monomotor turboélice, com capacidade para nove pessoas.
Os voos na rota Belém-Soure sairão do hangar nas segundas e sextas-feiras, às 11 horas, com chegada às 11:20. No retorno, a decolagem será às 11:40, com pouso às 12 horas. O preço da passagem é 165 reais.
O voo inaugural para Breves acontecerá nesta terça-feira, 4,  As vendas estão sendo realizadas através do site adm@bonnaviagens.com.br ou pelos fones (91) 32466691, 32469301 e 30863964.

Fonte: Agência Pará

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

HILTON LIMA VENCE ELEIÇÃO EM SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA

Imagem: Internet.
A campanha do tostão contra os milhões que há 12 anos estão sendo surrupiados dos cofres municipais: foi assim a campanha do jovem Hilton Lima, do PSDB, vencedor nas urnas, rios e ruas da querida São Sebastião da Boa Vista, no Marajó.
Hilton Lima e Dilma Azulay (PSDB) venceram a eleição majoritária, com Laércio Pereira (PT)  em segundo, e Zé Maria (DEM) em terceiro.
Agora Hilton Lima montará equipe de transição para poder assumir a prefeitura em 2017 com condições administrativas razoáveis.
O blog, através de seu editor, Flávio Costa, parabeniza o novo prefeito de SSBV, com a esperança de que todo o trabalho feito por aqui para mostrar à sociedade boavistense a real cara de algumas pessoas que usaram e abusaram da civilidade e humildade desse povo.

sábado, 1 de outubro de 2016

MELGAÇO: PESQUISA APONTA VANTAGEM DE AGENOR SARRAF

È o que diz o resultado da pesquisa eleitoral na zona urbana de Melgaço realizada no período de 27/08/2016 a 03/09/2016, com o número  de identificação da divulgação: PA-05982/2016 - Data da divulgação: 11/09/2016, realizada pelo Instituto DATA SENSOR -
Os números apontam vantagem do candidato do PPS, Agenor Sarraf, mas empatado tecnicamente com candidato do PSDB, Tica Viegas.
Veja os números:

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

NILSON FARIAS AMPLIA VANTAGEM EM BAGRE

Mais uma pesquisa de intenção de votos foi realizada em Bagre entre os dias 10 e 15/09 pela DATA SENSOR.
Os números ratificam a vantagem do candidato apoiado pelo prefeito Cledson Rodrigues, o Gordo.
Nilson Farias ampliou em para 21.9% a vantagem sobre o segundo colocado, Tica Sena, do PMDB.
Se comparado com a pesquisa anterior ( Leia AQUI), Nilson Farias teve aumento nas intenções de voto em 5,5%.
Veja print abaixo da pesquisa (Espontânea)
Na pesquisa ESTIMULADA, a vantagem de Nilson Farias aumenta um pouco mais.

A pesquisa foi registara no TRE com o numero 00673/2016, data de publicação 25/09/2016

domingo, 25 de setembro de 2016

AÇÃO DE PIRATAS LEVA MEDO A PASSAGEIROS NOS RIOS DO PARÁ

O Jornal Nacional mostra um retrato do pânico provocado por piratas que agem nos rios da Amazônia. Em uma região onde milhares de pessoas dependem de balsas e navios, a ação desses criminosos é um desafio para as autoridades.
A reação dos passageiros no desembarque mostrava que eles ainda não haviam se recuperado de uma noite terrível. O navio vinha de Muaná, na Ilha do Marajó, em direção à Belém, quando cerca de dez homens encapuzados invadiram o barco.
''Chegaram atirando logo, pesado mesmo'', conta um passageiro.
A cabeleireira Helen Cabral foi feita de escudo humano por um dos bandidos. ''Ele andou comigo por todo o barco, sempre com uma arma apontada para mim e mandando revistar as pessoas, foi terrível'', lembra ela.

Continue lendo AQUI

PORTEL: VILA ACANGATÁ RECEBE A MAIS BONITA ESCOLA DA ZONA RURAL DO MARAJÓ

Até os mais céticos estão abismados com a grandiosidade e beleza da recém inaugurada EMEF Marechal Deodoro da Fonseca, na Vila Acangatá, rio Camarapi, em Portel.
A escola construída com recursos do FNDE e contrapartida do tesouro municipal,  e com importantíssimo apoio da comunidade. é a mais bonita escola da zona rural do Marajó.
De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, esta escola vai  oferecer conforto e qualidade de ensino a centenas de crianças e adolescentes.
Já para os moradores da vila e das comunidades vizinhas, que já não acreditavam que pudessem ver seus filhos e netos estudando do em uma escola desse porte, a inauguração ratifica o compromisso da atual gestão com a qualidade do ensino.
A EMEF Marechal Deodoro da Fonseca, inaugurada na manhã/tarde de ontem (24), tem 6 salas de aula, refeitórios, laboratório de informática, sala de leitura, brinquedoteca, secretaria, sala e alojamento para professores e um linfo playground.
Fotos: José Ribamar

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

"PIRATAS" QUE ASSALTARAM O N/M LUZEIRO, N/M GLOBO DO MAR E B/M COBRA SETE, SÃO PRESOS EM BELÉM

Os presos fazem parte do grupo criminoso que assaltou o N/M Luzeiro no ultimo dia 12, em Muaná.
Dois “piratas”, integrantes da quadrilha Caterpillar, conhecida na área do Estreito de Breves, na região do Marajó, foram presos em flagrante na noite da última terça-feira (20) no bairro Pratinha II, em Belém. Waldir Alho Marques, vulgo “Pezão”, e Taiane Rodrigues Pinheiro fazem parte do grupo criminoso que assaltou no último dia 12 a embarcação Luzeiro, no município de Muaná, também no Marajó, que transportava 262 passageiros. Com os assaltantes foram encontrados vários objetos roubados durante o assalto, munições de pistola calibre 40, drogas e balança de precisão.
 Segundo o delegado de Polícia Fluvial Arthur do Rosário, à frente das investigações sobre a quadrilha, durante a prisão ainda foram encontrados objetos do assalto à embarcação Globo do Mar, ocorrido em maio deste ano na entrada da área conhecida como Arroz
al, no município de Barcarena. “Eles também assaltaram a embarcação Cobra Sete, que vinha de Anajás. Desde maio estamos monitorando a quadrilha”, informou. Ainda há mais cinco casos sendo investigados, a partir de medidas cautelares.

Por Carla Moura

Fonte: Agência Pará de Notícias

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

TRANSPORTE ESCOLAR TAMBÉM É ALVO DE PIRATAS

O caso ocorreu no início da tarde da última sexta-feira, em São Sebastião da Boa Vista, no Marajó. Nem estudantes ribeirinhos escapam das mãos dos bandidos que aterrorizam os rios marajoaras.
Era aproximadamente meio dia e a lancha escolar da localidade de Ilha de Chaves,  no município de São Sebastião da Boa Vista,  foi alvo da ação dos piratas próximo  localidade da Vila Cocal .`
De acordo com informações colhida, três homens em um "rabudo"( embarcação típica da região com um motor de popa ou centro,  abordaram o transporte escolar levando todos os pertences dos estudantes e um valor em dinheiro que seria o pagamento mensal do comandante da embarcação, Sr. Angelo. Até o momento não se sabe o paradeiro dos assaltantes.

Com informações de Junior Ferreira, de SSBV.

ESCOLAS DE BAGRE SUPERAM META DO IDEB

Um dos responsáveis pelo avanço do IDEB em Bagre, é o Programa Professor em Dobro, que colocou dois professores por sala de aula na rede municipal de Ensino.. Além disso toda a rede municipal foi reformada, recebeu mobiliário novo e está sendo climatizada.
O atual governo, com a reforma e ampliação das escolas: Perucia de Castro, Araci Correa Santa Maria e Inês Farias Maia; e ainda a construção da escola Professora Elizabeth Rodrigues, acabou com deficit de salas de aula, que há 30 anos era o mesmo, extinguindo também o terrível horário intermediário.
As três escolas reformadas e ampliadas na atual gestão, foram as que mais progresso tiveram na nota do IDEB em 2015 nas série iniciais (Veja print abaixo)