sábado, 28 de dezembro de 2013

REVEILLON EM PORTEL

A Prefeitura Municipal de Portel organizou uma grande festa para celebrar a virada do ano.
Como 2013 foi um ano de conquistas, o governo municipal, que tem à frente o jovem Paulo Ferreira, quer comemorar com toda a população.
A cidade os espera de braços abertos... Vai lá ,sumano !

domingo, 22 de dezembro de 2013

PORTEL É O ÚNICO MUNICÍPIO DO NORTE DO PAÍS APTO A RECEBER RECURSOS DO PROGRAMA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS.

No DOU do dia 18 de dezembro de 2013, a FUNASA -Fundação Nacional de Saúde - publicou a Portaria 1365/2013 (link AQUI), tornando publico o resultado da seleção das propostas elegíveis, considerando os critérios de elegibilidade e prioridade definidos pela Portaria nº 1.225, de 22 de outubro de 2013, que aprova os critérios e os procedimentos básicos para aplicação de recursos orçamentários e financeiros, do programa de Resíduos Sólidos Urbanos, no que se refere à implantação de sistemas de gerenciamento de resíduos sólidos.
O projeto de Portel foi elaborado pelo secretário da SEDE , Heron Wagner Macedo, que também fez parte integrante da equipe de elaboração do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, com contribuição da SEMA e SEI, e postado no SICONV (SIS
TEMA DE CONVÊNIOS DO GOVERNO FEDERAL) no dia 20 de novembro 2013.
O projeto tem como objetivos:
 Construção de uma Unidade de Transbordo; Construção de uma unidade de triagem; Construção de Um Aterro sanitário; Aquisição de máquinas e equipamentos como: Caçambas, Tratores, lixeiras, Caminhão coletor de lixo e de material reciclável.
Além de equipamentos para a operacionalização das unidades de seleção de material reciclável que deverá dar suporte à associação de catadores de materiais recicláveis de Portel
O projeto foi aprovado pela FUNASA e deverá agora ser apresentados os projetos técnicos de construção das unidades. Isso é fruto de dedicação e compromisso com uma gestão sustentável, queue a partir de 2014 deverá ser ainda mais evidenciada em Prefeitura Municipal de Portel  

Fonte: ASCOM/Portel  -Com informações da SEDE -Secretaria Municipal de Desenvolvimento

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

BANCO DO BRASIL ABRE CONCURSO PARA ESCRITURÁRIO

A seleção externa 2013/002 vale para oito estados e o Distrito Federal. No Marajó, vagas para Breves, Gurupá, Portel, Soure e SSBV. 

 O Banco do Brasil abriu concurso para formação de cadastro de reserva nos estados de Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais (exceto para as cidades constantes do Anexo I do edital), Pará, São Paulo, Tocantins e o Distrito Federal. O cargo é de escriturário e a remuneração inicial é de R$2.043,36 para jornada de 30 horas semanais. Para participar, é preciso ter certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio e idade mínima de 18 anos completos até a data da contratação.
 A seleção, prevista para o dia 9 de fevereiro de 2014, será composta por provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, com questões de conhecimento básico, que incluem Língua Portuguesa, Atualidades do mercado financeiro, Matemática e Raciocínio Lógico e conhecimentos específicos, que abrangem Informática, Atendimento, Técnicas de vendas, Cultura Organizacional e Conhecimentos Bancários. Há ainda a Prova Discursiva -Redação - de caráter eliminatório, e na segunda etapa, são realizados exames médicos e procedimentos admissionais, de caráter eliminatório.
Candidatos empossados terão possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente e possibilidade de participação em planos assistenciais e previdenciários complementares.

 Os candidatos poderão realizar a inscrição por meio do site da Fundação Cesgranrio: , de 12 de dezembro a 7 de janeiro. A taxa é de R$40.
www.cesgranrio.org.br

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

PREFEITURA IMPLANTA SISTEMA DE TRATAMENTO DE ÁGUA EM BAGRE

A prefeitura de Bagre iniciou a implantação de cloradores no sistema de abastecimento e distribuição de água do município. Um instrumento simples e eficiente, cujo objetivo é clorar a água que chega às residências, evitando doenças diversas, como a diarreia, tifo, hepatite e salmonelose.
A comunidade Vila Nova e os bairros do Pica Pau e Bitolândia foram os primeiros a receberem a visita dos agentes da Prefeitura e a água tratada pelo clorador. O governo municipal espera finalizar a implantação dos cloradores até o final desta semana, levando água tratada a todos os bairros do município.
O uso do clorador é indicado onde os resultados das análises de água são insatisfatórios, apresentando a presença de coliformes fecais, que é um grupo de bactérias causadoras de toxinfecção gastrointestinal. Ações como esta reforçam a preocupação da prefeitura no cuidado do seu povo.

Fonte: Portal Bagre de Noticias

PORTEL ACIONARÁ OS PODERES DO ESTADO PARA TER PROMOTOR DE JUSTIÇA

O advogado Ismael Novaes foi contratado para acionar a justiça.
Há anos sem Promotor de Justiça efetivo e passando por graves problemas sociais, muitos ocasionados por influência das obras de Belo Monte, o prefeito Vicente Paulo Ferreira, do Município de Portel, requisitou providências do advogado Ismael Moraes, desde administrativas até judiciais, contra essa situação de calamidade.
Após receber a informação do gabinete do Procurador-Geral de Justiça de que lá será efetivado Promotor só após o próximo concurso público (ou seja, dentro de 1 ano ou mais), o advogado já comunicou ao Prefeito ter iniciado estudos para a formulação de mandado de segurança a ser impetrado em janeiro de 2014 contra as autoridades do Estado responsáveis pela situação: o próprio Procurador-Geral de Justiça, o presidente da Assembléia Legislativa e o governador do Estado.
“Se a questão é orçamentária, eles assumam a responsabilidade na medida de cada qual, porque a Lei de Responsabilidade Fiscal não se impõe à Constituição Federal; e se ela pode ser descumprida por motivos nada nobres, ela poderia sê-lo por uma causa justa e para atender preceito constitucional; e se está havendo repasse correto ao Ministério Público, que o Procurador-Geral responda sozinho”, declarou Dr. Ismael Moraes.
“Sem Promotor, a Justiça não funciona, porque todos os processos em que desassistidos são partes e os processos criminais exigem a participação desse agente público. Também sem Promotor, a Polícia ou fica sobrecarregada ou torna-se quase inútil, e os maus policiais fazem ou deixam de fazer o que querem. E quase tudo recai sobre a responsabilidade do Prefeito, que precisa gerir a saúde, a educação, os serviços urbanos e rurais”, diz Ismael Moraes.

 Fonte: RG 15/O Impacto

domingo, 8 de dezembro de 2013

SEM POSTAGENS

Por motivos alheios a nossa vontade, não atualizamos o blog  nos últimos 10 dias.
A partir da próxima semana intensificaremos as postagens.
Pedimos desculpas às centenas de leitores que nos visitam diariamente.

Abraço Marajoara
Flávio Costa -Editor

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

PREVNORTE 2013 DEBATE SEGURANÇA NO TRABALHO

Começa no próximo dia 3, um dos maiores eventos de segurança no trabalho do país, o PrevNorte 2013, no Teatro Maria Sylvia Nunes. Para esta edição, o evento traz o tema “Novas Tecnologias Aplicadas à Segurança e Saúde no Trabalho”, em que serão discutidas as formas de utilização das novas tecnologias, valorização e incentivo às boas práticas de segurança e saúde do trabalho.
Dados do último levantamento feito pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) apontam que, só em 2012, foram registrados 705 mil acidentes de trabalho no Brasil. O Ministério da Previdência Social indica ainda que os pagamentos de benefícios e indenizações por conta desse tipo de acidente aumentaram 40% entre 2006 e 2011.
Entre os acidentes fatais, o número também é alarmante. O mesmo estudo aponta que o Brasil ocupa a quarta colocação no ranking mundial de mortes por acidentes de trabalho, perdendo somente para China, Estados Unidos e Rússia. Em 2012, foram registrados 2.731 casos de óbito em todo o país.
“Empresas e trabalhadores precisam ter a clareza do quanto a segurança no ambiente de trabalho é importante. Imagine trabalhar em um ambiente em que um colega sofreu algum acidente, ou mesmo perdeu a vida. As perdas vão muito além da questão financeira. Cria-se toda uma comoção e, sem dúvida, é um dano irreparável”, ressalta a auditora do trabalho e coordenadora do evento, Edna Rocha.
A coordenadora ressalta ainda que essas boas práticas de segurança, quando bem compreendidas pelas pessoas, tornam-se hábitos saudáveis em todos os aspectos da vida, como no ambiente doméstico, nas ruas e no trânsito.
Segundo o tecnólogo em segurança no trabalho, Luiz Costa, as principais causas de acidentes são o excesso de velocidade, o imediatismo, a improvisação de equipamentos e as tentativas de se reduzir custos. “Ao reconhecer os riscos e saber os procedimentos é possível tornar o trabalho mais seguro e melhorar a qualidade no ambiente de trabalho”, afirma.
O PrevNorte é um evento idealizado por um grupo de pessoas de instituições privadas e governamentais com pensamentos comuns em relação à necessidade de reduzir os índices de acidentes de trabalho, entre eles está o MTE e Previdência Social. Afinal, os impactos financeiros recaem direto no bolso de todos os cidadãos.
Paralelo ao evento, acontecem o XII Simpósio de Prevenção e Atuação de CIPA: Segurança, Saúde e Meio Ambiente e a Mostra de Equipamentos e Práticas em Segurança, Saúde do Trabalhador e Meio Ambiente. Serviço:
Mais informações e inscrições no site: http://www.prevnorte.com.br/

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

SANTA CASA ATENDE MAIS UM CASO DE ESCALPELAMENTO NO MARAJÓ

É estável o quadro da menina Dayane Nogueira, 6 anos, vítima de escalpelamento após acidente ocorrido no último sábado (23), em Melgaço, na Ilha do Marajó. A criança foi atendida em Belém pela Santa Casa de Misericórdia do Pará, após ser transferida de avião do Hospital Regional de Breves à capital paraense.
Dayane teve escalpelamento parcial, porém, com exposição óssea. Nesta quarta-feira (27), a menina será avaliada por uma equipe de médicos, que analisará seu quadro clínico e decidirá se ela tem condições de ser submetida a uma intervenção cirúrgica. Enquanto isso, a menina mostra-se sorridente e brinca com os profissionais de saúde da unidade hospitalar.
 Inicialmente, Dayane foi submetida a exames de raio-x, hemograma completo e tomografia do crânio. “A alta médica provavelmente ainda vai demorar, mas o importante é que a minha filha foi bem atendida por todos, passa bem e está fora de perigo”, disse a dona de casa Santina Braga Nogueira, 33 anos, mãe da menina.
 A Santa Casa é referência no atendimento a vítimas de escalpelamento. Dos nove casos registrados este ano no Estado, sete foram atendidos pelo hospital – três crianças e quatro adultos. Ano passado, doze casos foram contabilizados pelo centro materno-infantil. A estatística de escalpelamento do Estado conta com 401 casos registrados, no total.
 “Desde 2006, verificamos a necessidade de estruturarmos uma equipe integrada para atender casos de escalpelamento. A equipe de profissionais é formada por três cirurgiões plásticos, enfermeiros, fisioterapeutas, assistentes sociais, psicólogos, nutricionistas, fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais”, enumera a enfermeira Socorro Ruivo, coordenadora do Programa de Atendimento às Vítimas de Escalpelamento da Santa Casa. “Trata-se de um tratamento de longo prazo, que, na maioria das vezes, começa na infância e se estende até a fase adulta das vítimas”, explica.

Fonte: Agência Pará

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

OPERAÇÃO ÁGUAS SEGURAS FISCALIZA TRANSPORTE FLUVIAL NO AMAPÁ

Diariamente diversas embarcações de Afuá, Chaves, Breves, Portel e Belém,  viajam para o Amapá.
Fiscalizar o tráfego aquaviário, a regulamentação das embarcações e realizar campanha educativa de prevenção à segurança dos que utilizam barcos como meio de transporte. Estes são os objetivos da operação Águas Seguras, realizada em ação conjunta entre Marinha do Brasil, Polícia Militar do Amapá e Corpo de Bombeiros do Amapá, no Canal das Pedrinhas, Canal do Jandiá e Igarapé das Mulheres, em Macapá. A operação ocorre nos dias 25, 26 e 27 de novembro deste ano.
De acordo com a Marinha no Amapá, desde 9 de novembro, quando as fiscalizações foram intensificadas, 915 embarcações foram vistoriadas, das quais 106 foram notificadas por alguma irregularidade e 22 apreendidas nos portos de Macapá e Santana (distante oito quilômetros da capital). “Os locais escolhidos para a operação Águas Seguras demandam atenção redobrada, pois são lugares com intenso fluxo de embarcações e difícil controle. Os trabalhos visam garantir a segurança de todos, tanto da tripulação quanto dos passageiros”, disse o comandante Mário Simões.
Segundo o comandante, a condição geográfica da Amazônia e a falta de informação dos condutores são as principais dificuldades para fiscalizar. Para minimizar um dos problemas, a Capitania dos Portos do Amapá oferece curso gratuito para quem deseja tirar habilitação e pilotar de forma segura e legal pelas águas do Estado. “A intenção não é punir, mas sim conscientizar sobre a importância de transportar cargas e passageiros de maneira responsável”.
Para ajudar evitar acidentes são necessários alguns procedimentos, como respeitar o limite de passageiros, dispor de coletes salva-vidas com fácil acesso, extintores de incêndio e ter o eixo do motor da embarcação protegido. Qualquer irregularidade que possa colocar em risco à vida pode ser denunciada por meio do Disque Segurança da Navegação: 0800-280-7200 (ligação gratuita).

Fonte: Portal Amazônia

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

PORTELENSES RECEBEM UM NOVO TERMINAL HIDROVIÁRIO

Construída no governo Elquias Monteiro, a Estação Hidroviária Gov. Almir Gabriel estava há muito abandonada e sendo subutilizada.
 Ao assumir seu mandato em janeiro, o prefeito Paulo Ferreira ordenou a revitalização do espaço para a melhoria no embarque e desembarque de passageiros que diariamente utilizam o transporte hidroviário para Macapá, Belém e comunidades do próprio município.
Totalmente custeada com recursos próprios, a revitalização da Estação Hidroviária garante à população portelense um novo espaço multiutilitário.
 “Creio que no Marajó não exista prefeitura que esteja entregando obras com recursos próprios, em Portel, isto é possível, pois o povo entendeu que, pagando impostos e taxas municipais os recursos retornam em obras e serviços”, disse o prefeito Paulo Ferreira. Agora o novo terminal hidroviário disponibilizará serviços de emissão de RG (identidade) e CTPS (Carteira de Trabalho), comercialização de souvenires, e lanchonete.
As empresas de navegação que operam no trecho Portel/Belém e Portel/Macapá, também terão quiosques de venda de passagens dentro do hidroviário.
 “Em dezembro entregaremos novo mercado municipal, totalmente adaptado para a comercialização de peixe e hortifruti, gerando emprego e renda para o povo portelense”, concluiu o prefeito.

ASCOM/Portel

Fonte: Comunicação/AMAM

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

PIRATA É PRESO NO MARAJÓ

Janilson Castor de Lima, conhecido por "Maragão", acusado de assaltos a embarcações no Arquipélago do Marajó, em especial na localidade do Rio Tajapuru, no município de Breves, foi preso por policiais civis, em cumprimento a um mandado de prisão decretado pela Justiça, após ele ter participado do assalto à balsa "Porto Seguro", em 2009, juntamente com dois comparsas, apelidados de "Espalha Brasa", que permanece foragido, e "Marcinho", já preso.
A captura de Janilson foi realizada por policiais civis da Superintendência Regional das Ilhas. O acusado foi localizado na casa de um irmão, na Avenida Lourenço Borges, esquina com a Travessa Gurupá, no bairro da Cidade Nova, em Breves.
Segundo o delegado Jarson Silva, o acusado era procurado pelas Polícias Civil e Militar na região, e também por agentes da Delegacia de Polícia Fluvial. "Ele cometia os assaltos às embarcações e conseguia fugir", informou o delegado, ao ressaltar que não havia fotos do acusado para ajudar na identificação.
Janilson foi identificado por meio de relatos das características físicas feitas por testemunhas, devido, principalmente, ao corte de cabelo. Ele já está recolhido a uma unidade do Sistema Penitenciário, em Breves.

Fonte: Agência Pará de Notícias

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

SESPA APRESENTA CAMPANHA CONTRA ESCALPELAMENTO

A Secretaria de Estado e Saúde Pública (Sespa), em parceria com o Conselho Federal de Medicina e Conselho Regional de Medicina, lançou uma campanha que visa erradicar os acidentes provocados pelo eixo descoberto dos motores de barcos. Para isso, foram divulgadas peças da Campanha Nacional de Combate ao Escalpelamento em um evento que reuniu a imprensa nesta terça-feira, 5, na sede do Sindicato dos Médicos.
O projeto faz parte de uma campanha nacional, lançada em agosto, que tem como madrinha a atriz paraense Dira Paes. Ela participa de comerciais de TV e de peças de rádio para conscientizar a população sobre a importância da prevenção como melhor meio de se evitar esse tipo de acidente. A divulgação chama a atenção para as orientações de segurança quando da utilização de embarcações para deslocamentos, entre elas o cuidado, para crianças, jovens e idosas, em manter o cabelo totalmente preso e coberto com bonés ou outro acessório; o cuidado com o uso de colares e cordões e a manutenção de uma distância segura do eixo da embarcação. Além disto, a Marinha do Brasil oferece e instala gratuitamente a proteção do motor, sem multas ou punições aos próprietários ou condutores de barcos.

Continue lendo...

SAÚDE AVANÇA COM O "NOVO BAGRE"

As vésperas de inaugurar o seu hospital municipal, Bagre recebe três médicos cubanos do programa "Mais Médicos". Com isso, o município conta agora com seis médicos, cinco enfermeiros e duas dentistas em sua equipe médica. Há cinco anos essa realidade era completamente diferente, a população contava com um único médico e dois enfermeiros, não existiam dentistas em Bagre, é esse único médico passava apenas alguns dias no município.
Hospital Municipal será inaugrado em breve
Os avanços na saúde vieram junto com a implantação Novo Bagre, um programa municipal de desenvolvimento criado em 2009, um marco da gestão do prefeito Cledson Rodrigues, o Gordo. O programa organiza e operacionaliza todos os projetos, obras e serviços da prefeitura, em todas as áreas.
Em quase cinco anos de Novo Bagre, a prefeitura promoveu a reestruturação da rede municipal de saúde, construiu e ampliou os postos de saúde, na cidade e na zona rural, ampliou também, através de concurso público, o número de agentes comunitários de saúde. Diminuindo assim, os casos de doenças como a malária e a dengue. A saúde era tão precária, que em 2008, o município ganhou o noticiário de todo Brasil por um surto de febre tifoide.
A contratação de novos médicos possibilitou, junto com investimento em estrutura física, na descentralização do atendimento, sobretudo o atendimento de urgência e emergência. Hoje os postos de saúde dos bairros do Veterano e Paraíso atendem 24h, além disso, existem mais quatro postos atendendo as comunidades ribeirinhas: Balieiro, Joapi, Vista Alegre e Mocajatuba.
Para o prefeito de Bagre, Cledson Rodrigues, os investimentos em estrutura física e aquisição de equipamentos motivam os profissionais da saúde a permanecerem no município. "É de praxe no Marajó, mesmo pagando excelentes salários, os médicos não vinham pra cá, se hoje Bagre tem seis médicos, isso se deve muito a estrutura que hoje eles dispõem. Além da estrutura da saúde a própria infraestrutura que hoje o município oferece" disse o prefeito.


Fonte: Portal Bagre de  Notícias

terça-feira, 5 de novembro de 2013

SINE CADASTRA PESCADORES PARA RECEBIMENTO DO SEGURO-DEFESO

De novembro de 2013 a fevereiro de 2014, a pesca está proibida nas bacias dos rios Tocantins, Amazonas e Marajó, devido ao período de defeso. Com a proibição da pesca, os pescadores precisam se cadastrar para o recebimento de uma assistência financeira temporária. Para agilizar esse cadastramento, uma ação realizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), em parceria com a Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda (Seter), coordenada pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine), já recebeu a documentação de quase 14 mil pescadores pelo Sine, nos primeiros 15 dias da ação, que se estenderá até fevereiro.
“O defeso é o ‘período da piracema’, de reprodução dos peixes, e os pescadores ficam impedidos de trabalhar. Para suprir as necessidades dos pescadores artesanais, o MTE disponibiliza um salário mínimo, durante os quatro meses do defeso. Mas para isso é necessário estar com o cadastro e documentos em dia”, explicou Alexandre Julião, diretor da área de Trabalho e Emprego da Seter e coordenador do Sine.

Continue lendo....

POR UMA BOA CAUSA


sexta-feira, 25 de outubro de 2013

JUSTIÇA MANDA PRENDER PRESIDENTE DO PSDB DE GURUPÁ

Extraído do Bloog do Dailton Palheta (Gurupá)

Na manhã desta quinta-feira (24), em cumprimento à ordem judicial expedida pelo Juiz Aidison Campos de Sousa, titular da Comarca de Gurupá, as Polícias Civil e Militar efetuaram a prisão do ex- vereador de Gurupá, presidente do Diretório Municipal de PSDB, e ex - candidato a prefeito nas últimas eleições, Max Campos Alves.
Segundo o delegado Marco Antonio Pitman Machado, o acusado responde a vários processos por receptação de veículos roubados, uso de documento falso, formação de bando ou quadrilha e,  recentemente, foi condenado por estelionato em 5 processos. Ainda de acordo com a Polícia, apesar das últimas condenações, Max continuava atuando no  mesmo sistema de venda de carros irregulares, veícullos na maioria oriundos do estado do Amapá.
Na residência do ex-vereador também foram encontrados vários documentos de veículos, recibos de compra e venda, chaves de automóveis, além da quantia de R$ 9.100,00 (nove mil e cem reais), em espécie.
O material apreendido será encaminhado para perícia e, posteriormente,  entregue ao Juiz para que o mesmo os analise. Após ser ouvido pelo delegado Pitman, o acusado foi levado de avião até um centro prisional localizado na região metropolitana de Belém, onde aguardará a decisão da justiça quanto a
manutenção ou não de sua prisão.



quinta-feira, 24 de outubro de 2013

PRO PAZ EM PORTEL

O navio do PROPAZ  chegou ao município de Portel na tarde de ontem (23) e hoje (24) já começou a fazer atendimentos na área da saúde. Os serviços de cidadania estão sendo realizados no Salão Paroquial de Nossa Senhora da Luz.
O navio ficará no município até o próximo sábado ( 26) realizando diversos serviços de saúde, como: Consultas médicas: Clinica geral, Pediatria, Ginecologia, Neurologia e outras especialidades, laboratório de análises clínicas e dispensação de medicamentos.
Nos serviços de cidadania, a ação do PRO PAZ está emitindo CPF, RG, Certidões de Nascimento e fazendo atendimento jurídico.
Lembrando que para ter acesso aos serviços de saúde é necessário o Cartão do SUS.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

EMATER INCENTIVA PROFISSIONALIZAÇÃO DE MULHERES AGRICULTORAS NO MARAJÓ.

Sessenta mulheres de Portel, no Marajó, assistem, a partir desta terça-feira (22) até a quinta-feira (24), a um ciclo de oficinas de apresentação dos diagnósticos das Unidades Produtivas Familiares (UPFs) que o escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) elaborou sobre a propriedade de cada uma delas. Elas também participam da construção dos Planejamentos de Processos Produtivos relacionados a atividades coletivas.
 A programação integra mais uma etapa de uma chamada pública do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), de profissionalização da agricultura familiar feminina do arquipélago e que visa a inclusão social e independência socioeconômica: são 400 mulheres, consideradas em situação de extrema pobreza, de sete municípios – Portel, Soure, Salvaterra, Cachoeira do Arari, Santa Cruz do Arari, Breves e Melgaço.

Continue lendo....

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

MARAJÓ BUSCA SOLUÇÃO PARA OS BAIXOS ÍNDICES DE DESENVOLVIMENTO.

 Por Celso Sabino de Oliveira

Os Prefeitos do arquipélago do Marajó foram a Brasília discutir a busca de soluções para os resultados obtidos no Atlas Brasil, no que diz respeito ao Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) onde, infelizmente, seis municípios paraenses (Afuá, Anajás, Portel, Bagre, Chaves e Melgaço) aparecem posicionados na faixa “muito baixo”. Todos os municípios citados fazem parte da região marajoara. Melgaço encabeçou o pior IDH do país inteiro, ainda por cima. Através do levantamento, teve-se a real noção da triste situação dessas cidades. Na reunião, os prefeitos conseguiram convencer Binho Marques (presidente do MEC) a visitar diversas das cidades mal pontuadas no índice. O objetivo é que a autoridade federal citada enxergue de perto a realidade na qual o povo ribeirinho se encontra.
Apesar da constatação nacional da frágil situação desses municípios, enxergo esse momento como uma grande oportunidade para um diálogo direto entre o Pará e os governantes do país, acerca de soluções eficazes que visem o aumento desses indicadores sociais do Marajó.

BLOG DA RÁDIO RURAL DO MARAJÓ EXCLUI POSTAGEM QUE DENUNCIAVA PREFEITO DE SSBV

O print que acusa a exclusaõ da postagem..
Uma das vozes mais ativas em São Sebastião da Boa Vista no enfrentamento às irregularidades cometidas por gestores e legisladores da terra do "papa-manga", Afinéias Marinho, editor do Blog da Rádio Rural do Marajó, deu sinais claros que as retaliações sofridas por quem teima em colocar a "boca no trombone" em SSBV, continuam.
Após publicar denuncia feita pelo empresário Maridilsom Lisboa, amplamente repercutida nas redes sociais, Afinéias foi obrigado a excluir a postagem do blog da rádio comunitária.
Não sabemos o verdadeiro motivo, mas, concluimos que este só pode ser pelo fato de que a vice-presidente da rádio, Ataide Andrade, é esposa do secrtetário municipal Ademar Andrade,  e mãe de André Andrade, dono de uma empresa que presta serviço à prefeitura.
Esta prática até pouco tempo combatida por petistas, virou fato corriqueiro em SSBV. A tentativa de calar os meios de comunicação é prejudicial à democracia.
O blog se solidariza ao comunicador Afinéias Marinho e exige que os "homi do poder" em SSBV respeitem a liberdade de expressão

ALEPA NO MARAJÓ: AS CONTRADIÇÕES COMEÇARAM

Bordalo, Edilsom Moura, Alfredo Costa e Zimmer: A bancada do PT
A partir de hoje (21) a cidade de Breves recebe mais uma sessão itinerante da Assembleia legislativa do Estado do Pará. Na última sessão, no Marajó dos Campos, aproximadamente 25 deputados estiveram presentes.
Um dos temas a ser debatido na sessão, é o péssimo serviço prestado pelas empresas de navegação que exploram o serviço pra bandas de cá do arquipélago.
É bom lembrar que 80% deste serviço está nas mãos de uma única família. A família Rebelo (leia-se Dep. Luis Rebelo).
A falta de fiscalização da prestação de serviço, acumula abusos e desrespeito aos usuários por parte destas empresas.
Além do preço abusivo, o não cumprimento à gratuidade dos idosos ou meia-passagem de estudantes, são algumas das reclamações pertinentes.
Mas, os deputados já deram um tiro no pé. Alugaram a lancha "Bom Jesus" (leia-se Dep. Luis Rebelo) para transportá-los de Belém a São Sebastião da BoaVista/Curralinho/Breves e, posteriormente,  outros municípios limítrofes.
Qual a independência terão pra exigir da família Rebelo que respeitem os usuários do transporte na ilha?

domingo, 20 de outubro de 2013

DENÚNCIA GRAVE CONTRA TESOUREIRO E PREFEITO DE SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA.

 Extraído do Blog da Rádio Rural do Marajó

As coisas em São Sebastião da Boa Vista realmente estão "andando pra frente", pelo menos em questão de denúncias contra a famigerada quadrilha vermelhinha que se instalou na cidade há quase 9 anos.
Não há uma pasta da atual administração que não seja alvo de denuncias e queixas de mal versação do dinheiro público.
Desta vez, o empresário Maridilson da Luz Lisboa,  tenta desmantelar uma rede de corrupção que envolve além do prefeito da cidade. Getúlio Brabo, o tesoureiro da prefeitura, Nonato Farias, funcionários do segundo e terceiro escalão da prefeitura, a empreitera RB Construtora, e até um gerente do Banco do Estado do Pará.

O CASO

A interminável obra da Orla do Município é a grande protagonista desta trama.
Maridilson, em meados de 2012 alugou para a prefeitura uma balsa para o transporte de areia e outros materiais para a obra, porém, o município não cumpriu com o pagamento dos alugueis, gerando uma divida alta com o empresário. Apesar das idas e vindas ao município, ligações e cartas para tentar receber o atrasado, os contratantes não saudaram a dívida, causando transtornos irreparáveis ao empresário.
Devido às constantes cobranças e já sabendo que Maridilson tem em seu poder provas cabais da movimentação da quadrilha, o empresário foi denunciado por crime ambiental.
O pior vem agora. A balsa alugada naufragou no porto da cidade por inoperância de quem a resguardava, gerando um prejuízo ainda maior ao empresário e seus familiares.
Sem entrar no mérito da questão de que a denuncia se trata apenas de revanchismo, vale ressaltar que o empresário Maridilson Lisboa alega ter provas contundentes contra o governo de SSBV.
O blog deixa o espaço aberto para que os citados possam esclarecer os fatos.


terça-feira, 15 de outubro de 2013

DILMA NO MARAJÓ

Com informações do Vereador de SSBV, Marinaldo Reis/PT

A Presidenta Dilma no Marajó, em novembro.

Está praticamente confirmada a presença da presidenta Dilma Roussef no Marajó, no final de novembro, para participar da "Chamada da Floresta", um programa de estímulo às atividades extrativistas no Pará, voltado para milhares de famílias que vivem em assentamentos e em reservas extrativistas, as Resex.
O programa é audacioso e inovador consistindo na contratação de mais de cem técnicos agroflorestais formados em Casas Familiares Rurais que irão prestar assistência técnica extrativista e diagnosticar a potencialidade de cada região, juntamente com as famílias beneficiadas.
O projeto pretende desenvolver conhecimentos nos planos social, na produção e comercialização nas mais diferentes atividades como colheita e manejo do açaí, captura do camarão, extração de seringa, palmito, óleos, essenciais da floresta e madeira, tudo de forma a preservar o meio ambiente.
Segundo a direção regional do Conselho Nacional dos Seringueiros e da População Extrativista, o programa terá suporte do Governo Federal, de 26 milhões de reais e pretende atingir 16 mil famílias, principalmente na região do Marajó.
Todas as decisões serão tomadas pelo colegiado composto por técnicos, produtores das resex e parceiros institucionais como o Ministério do Desenvolvimento Agrário e Secretaria de Indústria e Comércio do Governo do Estado.
Os principais municípios beneficiados pelo programa serão Afuá, Porto de Moz, São Sebastião da Boa Vista, Breves, Anajás, Gurupá e Curralinho.
Esse programa faz parte do Plano de Desenvolvimento Sustentável do Marajó, lançado pelo ex presidente Lula em seu segundo mandato, que pretende melhorar a qualidade de vida das milhares de famílias que vivem do extrativismo nas mais diversas modalidades.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

CIDADES DIGITAIS: MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES SELECIONA 5 MUNICÍPIOS DO MARAJÓ

 Os municípios do Marajó beneficiados são: Chaves, Curralinho, Muaná, São Sebastião da Boa Vista e Soure.

O Ministério das Comunicações divulgou nesta segunda-feira (14) no Diário Oficial da União a lista com os 262 municípios selecionados para serem contemplados com o Programa Cidades Digitais. O Cidades Digitais, ligado ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), pretende modernizar a gestão municipal e oferece à população acesso a serviços de governo eletrônico e incentivando o desenvolvimento local.

 O programa prevê a instalação de infraestrutura de conexão de rede entre órgãos públicos municipais e a instalação de aplicativos de governo eletrônico para gerir os setores financeiro, tributário, da saúde e da educação. Os municípios serão convocados pelo Ministério das Comunicações para firmar o acordo e para receber as instruções básicas e dar seguimento ao programa.

Continue lendo....

PROCESSO PODE SER REABERTO PELO MPE

 Empresa é considerada inimiga pública Nº 01 da saúde no Pará

O promotor de Justiça que cuida da Promotoria de Improbidade Administrativa do Ministério Público Estadual em Marabá, Júlio César Sousa, estuda reabrir o processo de compra de medicamentos sem licitação, contra o ex-prefeito Maurino Magalhães e a ex-secretária de saúde Joelma Fernandes. A denúncia foi feita em 2010 pela promotora Mayanna Silva de Sousa Queiroz, que no mesmo ano pediu à Justiça a condenação dos envolvidos por improbidade administrativa e violação dos princípios da administração pública, além de ressarcimento dos danos causados aos cofres públicos. “Nossa promotoria foi recém-criada, mas já tenho conhecimento do caso, que foi avaliado pela promotora Mayanna como fraude e mesmo assim está parado”, comenta.
O promotor está avaliando pedir que o processo saia das mãos da Juíza Maria Aldecy de Souza Pissolati. Com a reabertura do processo, Maurino Magalhães e Joelma Sarmento, além da empresa Briute, deverão ser chamados em Juízo.
Essa não é a primeira vez que a Briute é envolvida em denúncias de irregularidades na venda de medicamentos e equipamentos médicos. Quando Fernando Dourado ocupou a Secretaria de Saúde do Estado, no primeiro governo de Jatene, essa mesma empresa foi acusada de participar de um esquema na compra de R$ 22 milhões, pela aquisição dos medicamentos da Farmácia Básica. Um ano depois, os mesmos medicamentos foram comprados pela Sespa por menos de R$ 6 milhões, segundo denúncia feita à época pelo DIÁRIO. O caso No dia 30 de março de 2010, foi protocolada no Ministério Público Estadual em Marabá denúncia levada pelo ex-vereador Edivaldo Santos (PPS), que anexou um resumo publicado no Diário Oficial do Estado, citando a administração municipal, na gestão do prefeito Maurino Magalhães de Lima, e a então secretária municipal de Saúde, Joelma Fernandes Sarmento, como os principais responsáveis pela compra irregular de medicamentos, material de limpeza hospitalar, fios cirúrgicos além de insumos de nutrição e acessórios de almoxarifado, que totalizaram a quantia de R$ 1.917,602, 00. A principal fornecedora foi a empresa Briute Comércio e Exportação Ltda, que faturou R$ 1.311.076,00 nessa transação.
Na época Joelma Fernandes, que assumiu interinamente a pasta, enviou ofício ao prefeito Maurino Magalhães, onde descrevia as dificuldades enfrentadas pela secretaria com a falta de medicamentos e acessórios fundamentais nas unidades de saúde. Em um trecho do ofício, ela informa ao gestor que “a situação está alarmante, pois conforme informação obtida junto à Comissão de Licitação da Prefeitura, os processos para compra de medicamentos não serão concluídos em menos de 60 dias”, prazo que poderia, segundo ela, colocar a vida da população em risco.
Com isso, no dia 25 de março de 2010, os contratos foram firmados sem a devida concorrência pública com várias empresas fornecedoras de medicamentos. Edivaldo Santos disse que essa compra indevida foi levada ao conhecimento do MPE, onde a prefeitura alegara que existia uma justificativa para a compra de medicamentos com dispensa de licitação.
Fonte: (Diário do Pará)

PREFEITO DE BAGRE É MANTIDO NO CARGO

Em decisão tomada no final da tarde desta sexta-feira (11), o ministro Henrique Neves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), suspendeu o acórdão do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) que cassou o mandato do prefeito de Bagre, Cledson Rodrigues, no último dia primeiro, sob acusação de utilização da máquina administrativa na eleição de 2010.
Com a decisão, o prefeito fica no cargo até o julgamento do mérito do mandado de segurança impetrado no tribunal superior.

O CASO

O prefeito reeleito de Bagre, no Marajó, Cledson Farias Lobato Rodrigues, o “Gordo”, e o pai dele, o suplente de deputado estadual Cleber Edson dos Santos Rodrigues, conhecido como “Gigante do Norte!”, foram cassados pelo TRE.
Segundo representação do Ministério Público Eleitoral, nas eleições de 2010 o prefeito, em seu primeiro mandato, utilizou a máquina administrativa para apoiar a eleição do pai.
As investigações também apontaram que o prefeito paralisava os órgãos municipais para que servidores e alunos das escolas participassem de passeatas em favor do pai candidato.
Fonte:
(DOL)

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

SEMA E INSTITUTO EVANDRO CHAGAS FAZEM PESQUISA NO PARQUE DO CHARAPUCU, EM AFUÁ

Parque do Charapucu: Única área de proteção integral do Arquipélago do Marajó
Técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), em parceria com pesquisadores do Instituto Evandro Chagas (IEC), dão continuidade ao trabalho de coleta, análise físico-química e microbiológica das águas do Parque Estadual do Charapucu, no município de Afuá, na região do Marajó, neste mês. Os resultados das análises subsidiarão a elaboração do plano de manejo da Unidade de Conservação, que hoje representa a única área de proteção integral do Arquipélago do Marajó.
Os rios Preto, Ipixuna, Tabocal, Mocambo, Cajari, Anigalinho, Timbó, Medonho, Furo Igapuia e Furo do Céu, localizados no Parque, e o entorno dos rios Jururá, Gama, Cajari e alguns pontos na sede do município, são objeto da ação da equipe. As análises das amostras coletadas foram realizadas na sede de Afuá, em laboratório provisório instalado no município, com o apoio da Prefeitura.

Continue lendo....

terça-feira, 8 de outubro de 2013

PORTEL E BREVES RECEBEM SERVIÇOS DO DETRAN ITINERANTE

O Departamento de Trânsito do Pará (Detran) leva a municípios do Marajó e do nordeste do Estado, neste mês, os serviços do atendimento itinerante. Estão sendo ofertados exames médico e psicotécnico (primeira fase), legislação de trânsito (segunda) e prova prática de trânsito (terceira etapa). O primeiro município atendido foi São Francisco do Pará, na última sexta-feira (4), com a prova teórica do processo legislação de trânsito.
O atendimento é feito nas Circunscrições Regionais de Trânsito (onde houver) dos municípios ou escolas indicadas pela prefeitura local.

Abaixo o cronograma da ação no Marajó:
Portel: terça (8) e quarta-feira (9)
Breves: quarta (9) e quinta-feira (10)

Fonte: Agência Pará

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

SANCIONADA A LEI QUE CRIA A GUARDA MUNICIPAL DE PORTEL.

O prefeito, Paulo Ferreira, sancionou a Lei Municipal Nº 813, de 23 de setembro de 2013,  que cria a Guarda Municipal de Portel.
A Constituição de 1988 - que no próximo sábado (05/10) completa 25 anos de promulgada, - no Art. 144 .§ 8º, é clara: - “Os Municípios poderão constituir guardas municipais destinadas à proteção de seus bens, serviços e instalações, conforme dispuser a lei”.
Assim a atuação das guardas se resume a uma atividade comunitária de segurança, e apoiando os órgãos policiais estaduais e federais quando solicitadas, bem como ajudar na orientação e fiscalização do trânsito da cidade (após a municipalização do trânsito)
 “A criação da Guarda Municipal foi promessa de campanha, e agora, temos a felicidade de sancionar a lei criando-a”, ressalta Paulo Ferreira.
Após a lei sancionada o executivo terá 90 dias para criar o regimento interno da guarda e, posteriormente, divulgará edital de concurso público para provimento de 50 vagas,

 SERÃO COMPETÊNCIAS DA GUARDA:

- Promover a vigilância dos logradouros públicos, realizando segurança diurna e noturna.
- Promover a vigilância dos prédios próprios do Município.
- Exercer a fiscalização e controle do tráfego e o trânsito de veículos e pedestres no âmbito do território municipal.
- Promover a fiscalização da utilização adequada dos parques, jardins, praças e outros bens de domínio público, evitando depredação.
- Promover a vigilância das áreas de preservação do patrimônio natural e cultural do Município, bem como preservar mananciais e a defesa da fauna e da flora.
- Colaborar com a fiscalização da prefeitura na aplicação da legislação relativa ao exercício do poder de polícia administrativa do Município.
- Realizar interação com os agentes de proteção ao meio ambiente nos termos art. 225 da Constituição Federal.
- Atuar conjuntamente com a Defesa Civil, nos casos de calamidade pública.
- Colaborar com os órgãos públicos, inclusive de outras esferas de governo, nas atividades afins.
- Prestar informações turísticas aos transeuntes

“Tomara que o município disponha de condições financeiras para poder realizar o concurso e , após as exigências do edital, poder nomear a primeira guarnição de Guardas Municipais de Portel”, conclui Paulo.

Fonte: ASCOM/Portel.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

ADVOGADO DO PREFEITO DE BAGRE CONTESTA DECISÃO

Foto: DOL
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no Pará cassou, nesta terça-feira (1º), o prefeito reeleito de Bagre, no Marajó, Cledson Farias Lobato Rodrigues, o "Gordo", e o pai dele, o suplente de deputado estadual Cleber Edson dos Santos Rodrigues, conhecido como “Gigante do Norte”.
Após da cassação, o advogado do prefeito acusado, Robério D’Oliveira, informou que em dezembro de 2010 a Procuradoria Eleitoral ajuizou uma representação pedindo a cassação do diploma de suplente de Cleber Edson e do prefeito Cledson Rodrigues por compra de votos.
“Ambos se defenderam no TRE da acusação. Ocorre que nas alegações finais, o Procurador Eleitoral mudou o fundamento e pediu a cassação por conduta vedada. O TRE, à unanimidade, afastou a tese de compra de votos e por 4 a 2 acatou a tese de conduta vedada e cassou o diploma de suplente de Cleber Edson e declarou inelegível o prefeito de Bagre”.
O advogado do prefeito disse ainda que os acusados deverão contestar a decisão alegando vários pontos, entre os quais que a testemunha de defesa não foi ouvida e a ausência de notificação para comparecer na audiência que ouviu as testemunhas da Procuradoria Eleitoral. “Além disso o prazo para o ajuizamento de ação cujo objeto é a conduta vedada é até o dia da eleição, e a Procuradoria Eleitoral ajuizou a Representação em 17/12/10, ou seja, muito depois do prazo apontado pela pacífica jurisprudância sobre o tema”, alega a defesa.
O prefeito e o suplente de deputado também foram condenados ao pagamento de R$ 85 mil em multa. Por participação no esquema irregular, o secretário municipal de Assistência Social, Edilberto Prudente Vulcão, foi multado em R$ 53 mil.
A vaga do prefeito cassado deverá ser assumida pelo vice-prefeito.

Fonte: DOL

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

GOVERNADOR E DEPUTADO RECEBEM O PREFEITO DE BAGRE

Dep. Estadual Junior Ferrari, Gov. Simão Jatene, Cledson Rodrigues (Gordo)
O prefeito de Bagre, Cledson Rodrigues,  encontrou na última sexta (27), com o governador Simão Jatene, a reunião foi para tratar da aquisição de equipamentos e inauguração do hospital municipal de Bagre. Cledson saiu da reunião com a garantia de que o hospital será entregue até no máximo o mês novembro. Durante esse encontro, Gordo aproveitei para entregar ao governador algumas demandas e prioridades do n município.  O governador Jatene liberou 5km de asfalto para Bagre, e prometeu atender as outras demandas "Agradeço ao nosso governador Simão Jatene e ao amigo e deputado estadual Jr. Ferrari pela atenção com a população bagrense" conclui Gordo.

APOLOGIA À INCOMPETÊNCIA NAS GESTÕES MUNICIPAIS PARAENSES.

Extraído do Blog Reflexões e Provocações, do Professor Henrique Marinho Branco

Ao ler o jornal O Liberal deste domingo (29/09/13) me deparei com a manchete que tratava sobre as gestões municipais paraenses. A matéria chamava atenção para um dado preocupante: 91% das prefeituras paraenses gerenciam muito mal seus municípios.
O Pará conta atualmente com 144 municípios com a recente emancipação de Mojuí dos Campos, área que pertencia a Santarém, tornando-se o mais novo município paraense. Ou seja, mais de 120 deles tem má gestão. Um dado alarmante, preocupante, liga o sinal de alerta ao nosso desenvolvimento regional.
Uma má gestão municipal trava não só os limites territoriais do município, mas também o seu entorno, ocasionando um atraso regional. Imaginem 91%, em todas as regiões paraenses.
No Marajó, por exemplo, temos 16 prefeituras, raras exceções de desempenho satisfatório ou o reconhecimento de uma boa gestão. Não por acaso, que no arquipélago marajoara temos os piores IDH-M do Brasil. Melgaço lidera o triste ranking nacional.

Continue lendo...

NOTA DO BLOG

Este é um dos entraves para o desenvolvimento de municípios marajoaras. Tem  municipio no Marajó que o secretariado é escolhido por critério familiar ou partidário, ignorando-se a competência do ocupante do cargo. O caso é tão grave, que tem secretário de meio ambiente que é técnico em telefonia celular, e de assistencia social que desconhece LOAS e SUAS...
Assim a "santa chora"...Valei-me, Nazica

domingo, 29 de setembro de 2013

MEGAFRAUDE ESCOAVA MADEIRA DE 52 EMPRESAS

Confirmando informação divulgada semana passada por este jornal – em duas notas da coluna Repórter Diário –, a Secretaria de Meio Ambiente do Estado revelou a descoberta de uma megafraude envolvendo um plano de manejo numa área de cinco mil hectares, no município de Anajás, na ilha do Marajó.
Neste caso do Marajó, a empresa Tecnoflora, recebeu da Sema, no ano passado, autorização para a retirada de 150 mil metros cúbicos de madeira. Segundo José Alberto Colares, secretário de Meio Ambiente, o projeto foi aprovado porque a empresa respondeu a todas as exigências jurídicas, técnicas e fundiárias estabelecidas pela legislação. “Tecnicamente, a empresa estava em situação legal e apta a explorar (o plano de manejo)”, afirmou o secretário.
O problema não aconteceu, portanto, conforme alega o titular da Sema, na aprovação do plano de manejo, mas na sua operação. A empresa, que estava autorizada a retirar e comercializar 150 mil metros cúbicos de madeira, só atuou em cerca de 5% da área, conforme viria a descobrir a fiscalização de campo. E, ainda assim, a pouca madeira retirada da floresta continuava no chão – o que significa dizer que a Tecnoflora não tinha mesmo o propósito de comercializar a sua produção.
Ao invés de fazer isso, a empresa passou a simplesmente vender papéis, procedimento comum na longa cronologia das fraudes relacionadas com a extração ilegal e a comercialização clandestina de madeira no Pará desde a segunda metade do século passado. Esses papéis, as chamadas Guias Florestais, foram abastecer nada menos que 54 indústrias madeireiras, que os utilizaram para esquentar os estoques de madeira de origem desconhecida mantidos no pátio.

Continue lendo---> http://www.diarioonline.com.br/noticia-258125-megafraude-escoava-madeira-de-52-empresas.html?250962473

NOTA DO BLOG:

Isto acontece há décadas e os órgãos ambientais se fazem de cegos. Tem muita "gente graúda" por trás destas fraudes. Enquanto isso nos municípios marajoaras de Breves e Portel, os bolsões de miséria se multiplicam a cada dia. Os impostos provenientes da extração irregular da madeira destes municípios, com certeza diminuiriam os impactos da degradação ambiental e social causada pela fraude.

sábado, 28 de setembro de 2013

CONTAS DO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA SÃO REPROVADAS NOVAMENTE PELO TCM

Extraído do Diário Oficial do Estado em 09/09/2013 (link abaixo)

A população boavistense sofre há anos com o péssimo serviço prestados pela Secretaria Municipal de Saúde de SSBV, e isso é resultado da péssima e dolosa administração dos recursos da saúde. Desde 2007 o FMS (Fundo Municipal de Saúde) tem suas contas reprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, provando-se assim, que esta "bola de neve" de má gestão e desvio de recursos só agravou a asituação da saúde do município.
É de conhecimento de todos que o FMS entre 2007 e 2012 foi presidido pelo ex-secretário de saúde e hoje vereador, Del Viana, que, só está hoje com cadeira na Câmara Municipal por conta de recurso impetrado junto ao TCM para validação de sua candidatura em 2012.
Mas, esse povo não pode ser tão submisso.
Del Viana teve as contas reprovadas em 2007 e,  em junho deste ano,  teve as contas também de 2008 reprovadas, ganhando assim o título de bicampeão em má gestão dos recursos da saúde.
Podem anotar, as contas dos outros anos também serão reprovadas,  e o futuro hexacampeão em desvio, improbidade e desleixo com as contas públicas, terá muito o que explicar ao povo que o elegeu pra "resolver" o problema da saúde que ele mesmo causou.

Fonte: IOEPA http://www.ioepa.com.br/diarios/2013/09/09.09.caderno.05.04.pdf

VEREADORES DE BREVES VISITAM O HOSPITAL REGIONAL DO MARAJÓ

A possibilidade de expansão em 40 leitos e a implementação de outras especialidades médicas no Hospital Regional Público do Marajó, localizado em Breves, estiveram entre os temas abordados na última quinta-feira (26) pela diretora executiva do hospital, Cleide Rillo, ao receber uma comissão de vereadores da Câmara Municipal.
Os vereadores visitaram foram conhecer o funcionamento do hospital, que presta atendimento de média e alta complexidade para usuários dos municípios de Breves, Bagre, Curralinho, Anajás, Portel, Melgaço e Gurupá, para resolução dos casos mais graves de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).
A comissão – composta pelos vereadores Wiles Gomes Dias, Flávio Filho, Emerson Souza Câmara, Anderson Batalha Vilas Boas, Francisco Corrêa de Farias Filho, Alexandre Barros, Carlos Alberto Gonçalves Custódio e Vanacy Leão – foi recebida por Cleide Rillo, que apresentou os serviços da instituição com demonstrativos de 2012 e do primeiro semestre deste ano.


Fonte: http://www.agenciapara.com.br/noticia.asp?id_ver=136224

sábado, 21 de setembro de 2013

TÉCNICOS DE ENFERMAGEM DE SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA GREVARÃO EM OUTUBRO

A situação da saúde no município de São Sebastião da Boa Vista, no Marajó, deve se agravar a partir de outubro com a possibilidade de greve dos profissionais de enfermagem.
Além das péssimas condições de trabalho e de pagamento de salário abaixo do que foi proposto em edital de concurso público, os técnicos de enfermagem são vitimas de constante assédio moral por parte da gestão da saúde na Veneza do Marajó.
O estado de greve foi deflagrado após a categoria se reunir onde ficou determinado que esta situação não pode mais continuar.
"Se o prefeito não resolver nossa situação, pagando corretamente nossos proventos, entraremos em greve por tempo indeterminado a partir de 01/10", esclarece um representante da categoria,  que para não ser vitima de retaliação, pediu anonimato.
Andando pra frente deste jeito, onde vamos parar?

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

FESTIVAL DO AÇAÍ EM BAGRE: A FESTA VAI COMEÇAR

O Marajó estará em festa entre os dias 20 a 22 de setembro, quando ocorre o Festival de Açaí - Ano XX, no município de Bagre, o evento deve reunir cerca de 20 mil pessoas nos três dias.
Realizado desde 1986, o festival é uma homenagem a um fruto precioso para a região. A vasta área de várzea que cerca o município produz cerca de 50.000 toneladas do fruto. O ponto alto da safra é em setembro, mês do festival.
Bagre é um município marajoara distante 200 km da capital do estado. A população atual, segundo o mais recente censo do IBGE (2010) é de 23.820 habitantes.
Uma particularidade do festival do acaí em Bagre é a vassouarada, na manhã de segunda-feira, após o último dia de festival, turistas e bagrenses se reúnem na arena com vassouras feitas de cachos de açaí, a multidão varre a arena ao som das bandas que animaram o festival em uma grande confraternização. Outra atração do fstival é a “Olimpíadas do Açaí”. As modalidades praticadas remetem a situações do cotidiano do povo ribeirinho, como a corrida de “rabudo”, pequena canoa em madeira com motor, principal meio de transporte dos ribeirinhos. Outra competição é o título de maior bebedor de açaí do festival e, além da corrida rústica do açaí, canoagem e travessia do rio.
A arena sempre lotada.
Escolha da Miss do Festival
O açaí extraido de forma artezanal

SERVIÇO:
 
Festival do Açaí em Bagre.
Dias 20, 21 e 22 de setembro.
facebook.com/prefeiturabagre

SEM BANCO, SEM ESPERANÇAS....

Comentário apócrifo deixado no post "Banco do Brasil inaugura segunda (23) agência em Gurupá"

"Isso é mais uma prova de que realmente o município de São Sebastião da Boa Vista está totalmente desgovernado, de que o prefeito abandonou o município e deixou o mesmo entregue a sua própria sorte, não tendo nenhum empenho em lutar para que seja efetivada a instalação do posto avançado do Banco do Brasil, cujas obras de adaptação feitas no prédio do centro catequético da Paróquia foram concluídas ano passado, com dinheiro do povo trabalhador. É o descaso total do gestor municipal para com o povo boavistense que precisa urgentemente do atendimento bancário desse porte para facilitar e beneficiar o desenvolvimento municipal em todos os sentidos, trazendo melhorias na qualidade de vida de toda população. Enquanto isso vemos os municípios de Muaná (Banco do Estado do Pará) e Gurupá (Banco do Brasil) terem suas agências inauguradas numa demonstração de que os Prefeitos desses municípios estão trabalhando e executando obras voltadas para o bem estar e desenvolvimento de seus munícipes"


IDEFLOR OFERECE OFICINA SOBRE "MERCADO DA FLORESTA E PLANO DE NEGÓCIOS" EM PORTEL

Para informar e capacitar as lideranças das glebas públicas estaduais do município de Portel sobre o valor da floresta, o Instituto de Desenvolvimento Florestal do Estado do Pará (Ideflor) e o Instituto Floresta Tropical (IFT) realizarão, neste final de semana, 21 e 22, na Escola Abel Figueiredo, a oficina Mercado da Floresta e Plano de Negócios.
A ação faz parte do Plano de Desenvolvimento Local de Portel (PDL Portel), projeto que é desenvolvido pelo Ideflor e busca contribuir com o desenvolvimento sustentável de povos, comunidades tradicionais e agricultores familiares (PCTAFs) localizados nas glebas, por meio do ordenamento fundiário e ambiental e incremento de renda, por meio da implantação de Sistemas Agroflorestais (SAFs) e dos planos de uso que foram aprovados nas assembleias gerais, que ocorreram no início do mês, no município. A oficina é direcionada aos lideres comunitários das glebas Acangatá, Acutipereira, Alto Camarapi, Jacaré Puru e técnicos de organizações governamentais estaduais e municipais.
“Na oficina os participantes vão obter informação sobre o valor da floresta e como construírem um cenário para a comercialização de produtos florestais das áreas publicas de Portel”, explica Daniel Francês, coordenador do projeto. O evento contará com a parceria do Instituto Floresta Tropical (IFT), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Escritório local), Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Prefeitura de Portel e Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Portel (STTR).

Fonte: Agência Pará

SEMA/Pa AUTUA EMPRESAS MADEREIRAS NO MARAJÓ

 Madereiras de Anajás, Breves e Portel foram autuadas.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) bloqueou e autuou a empresa Tecniflora Ltda, estabelecida em Anajás, região do Marajó, e interditou seu Plano de Manejo florestal pelo comércio e utilização de 151.819,33 metros cúbicos de madeira ilegal, advindos de áreas não autorizadas. Outras 54 empresas, de vários municípios paraenses, envolvidas na aquisição dos créditos, foram também autuadas e bloqueadas.
“Este crime ambiental é conhecido por ‘esquentamento de madeira’, que é quando uma empresa utiliza créditos florestais de uma área de manejo florestal autorizada para ‘acobertar’ madeira explorada ilegalmente de outro local, geralmente áreas de florestas exploradas sem autorização ou de desmatamento ilegais”, esclarece o titular da Sema, José Alberto Colares.
A Tecniflora, empresa que teve Plano de Manejo Florestal aprovado pela Sema e obteve uma autorização de exploração florestal com créditos de madeira, começou a ser investigada quando a Diretoria de Fiscalização da Secretaria identificou indícios de uso irregular de créditos florestais.

Continue lendo...

BANCO DO BRASIL INAUGURA SEGUNDA (23) AGÊNCIA EM GURUPÁ

A inauguração da Agência Gurupá acontece apenas duas semanas depois da inauguração do novo prédio da Agência Canaã dos Carajás, no sudeste paraense 


A fachada da nova agência  BB no Marajó.
Na próxima segunda-feira, dia 23 de setembro, o Banco do Brasil vai inaugurar um novo ponto de atendimento no Estado do Pará: a Agência Gurupá. A nova agência vai integrar a Superintendência Regional de Santarém e é mais um prédio com instalações construídas inteiramente dentro do novo padrão de ambiência do BB: moderno, confortável e seguro. 
A população da cidade de Gurupá, no Marajó, terá à disposição, a partir do mesmo dia da inauguração, uma agência do BB para facilitar a vida de todos, estimular o crescimento das atividades produtivas locais e levar crédito, produtos e serviços de qualidade a quem precisa.
O evento de inauguração, que começará a partir das 13 horas, terá presença do Superintendente Regional do BB em Santarém, Marcos Araújo, além de autoridades do poder público municipal, representantes de instituições importantes no município e empresários da região.

Fonte: Larissa Pinto -Assessoria de Comunicação do BB.

sábado, 14 de setembro de 2013

MARAJÓ JÁ TEM COMITÊS PARA ACOMPANHAR INVESTIMENTOS NA EDUCAÇÃO

Foto: Advaldo Nobre - ASCOM/SEDUC
Os investimentos previstos pelo Pacto pela Educação do Pará no Arquipélago do Marajó, a partir de agora, contarão com o controle social. O acompanhamento será feita por dois Comitês Gestores Regionais, um para os municípios da região dos campos, e outro para aqueles localizados na região das florestas. A cerimônia de instalação dos Comitês Regionais do Pacto foi promovida nesta sexta-feira (13), no auditório do Hotel Beira Rio, em Belém. O Pacto pela Educação do Pará prevê investimentos de aproximadamente R$ 1 bilhão, até 2017, por meio de uma operação de crédito, que está em fase de assinatura de contrato.
O Comitê será responsável, entre outras ações, pelo acompanhamento da implementação de programas e projetos do Pacto nas escolas estaduais localizadas na região, e identificação de pontos de atenção, mantendo comunicação direta com o Comitê Estadual do Pacto. O Comitê acompanhará os investimentos previstos no Pacto nos 16 municípios do Marajó: Afuá, Anajás, Breves, Bagre, Cachoeira do Arari, Chaves, Curralinho, Gurupá, Melgaço, Muaná, Ponta de Pedras, Portel, São Sebastião da Boa Vista, Salvaterra, Santa Cruz do Arari e Soure. São cerca de 40 escolas estaduais no Marajó.

Continue lendo...

PROJETO PDL/PORTEL É APROVADO POR MORADORES DE GLEBAS

Comunidades das glebas públicas estaduais do município de Portel, no Arquipélago do Marajó, aprovaram em assembleias gerais os planos de uso do Plano de Desenvolvimento Local do Município de Portel (PDL Portel), projeto do governo do Estado coordenado pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal do Pará (Ideflor). As assembleias foram realizadas nas comunidades das glebas Alto-Camarapi, no dia 06 de setembro; Acangatá, no dia 8; Jacará-Puru, no dia 10, e em Acutipereira, no dia 12 (quinta-feira), com a participação de representantes da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Escritório local), Instituto de Terras do Pará (Iterpa), Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e outras instituições.
Durante as assembléias, os comunitários puderam expor suas dificuldades para desenvolver as atividades de caça, pesca, agricultura e extrativismo, e aprovar o documento final do plano de uso, que orienta e regulamenta a forma adequada para a utilização dos recursos naturais, conforme a cultura local, garantindo o uso sustentável.
O plano de uso é fruto dos debates nas oficinas realizadas nas comunidades, pelo projeto PDL Portel, que desde 2011 vem sendo desenvolvido em parceria com a Prefeitura local e do Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Portel (STTR).

Continue lendo...

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

PORTEL DISCUTE O PLANO DE USO DOS RECURSOS NATURAIS

A belíssima Portel (foto: Idinor Ferreira)
O município de Portel recebe, entre os dias 6 e 12 deste mês, as assembleias gerais para aprovação do documento de Planos de Uso dos recursos naturais nas glebas públicas estaduais do município - Alto Camarapi, Acangatá, Jacaré-Puru e Acutipereira. O documento vem sendo elaborado pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal do Estado do Pará (Ideflor), juntamente com as comunidades, para a proteção da fauna e flora, buscando contribuir para o desenvolvimento sustentável de Portel. A ação faz parte do Plano de Desenvolvimento Local de Portel (PDL Portel), projeto que é desenvolvido pelo Ideflor e vai beneficiar cerca de 1.500 famílias no município. “O PDL Portel busca promover o ordenamento fundiário e ambiental, com incremento de renda e uso sustentável da floresta, por meio de Sistemas Agroflorestais (SAFs) e com a implantação dos planos de manejo comunitário naquele município”, explica Daniel Francez, técnico do Ideflor e coordenador do projeto.
As glebas totalizam 272 mil hectares e foram destinadas ao uso sustentável por povos, comunidades tradicionais e agricultores familiares (PCTAF), por meio do Decreto nº 579, de 30 de outubro de 2012, que assegurou a afetação das áreas para o desenvolvimento do PDL, além de reservar cerca de 500 mil hectares para fins de ordenamento fundiário e ambiental.
O PDL Portel vem trabalhando em cima do decreto que permite a criação dos planos de manejo florestal comunitário. “Após a aprovação dos planos de uso dos territórios, serão feitos os planos de manejo e implantação de SAFs nas comunidades e o Iterpa fará os cadastros das famílias”, conta Francez. Na ocasião, a própria comunidade poderá contribuir com as regras que serão destinadas às atividades de caça, pesca, agricultura, extrativismo, moradia e limites de respeito, monitoradas pela comissão de plano de uso da comunidade.
A ação contará com a participação de todas as pessoas interessadas no desenvolvimento sustentável do Marajó, em especial no município de Portel. As reuniões serão realizadas pelo Ideflor em parceria com o Instituto de Terras do Pará (Iterpa), Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Procuradoria Geral do Estado do Pará (PGE), Ministério Público do Estado do Pará (MPE), Prefeitura de Portel e Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Portel.

Fonte: Agência
Pará

terça-feira, 3 de setembro de 2013

AVIÃO QUE IA PARA PORTEL CAI EM BELÉM

Um avião CESSNA 206 da Empresa TÀXI AÈREO DOURADO,  que ia para o municipio de Portel, no Marajó, caiu agora há pouco às proximidades da Estrada da Ceasa, em Belém.
O avião transportava valores e dois guardas da empresa PROSSEGUR, que faziam a escolta armada.
Após a queda, o pequeno monomotor que estava com tanque cheio, esplodiu, carbonizando as vítimas.
As vítimas foram identificas como comandante Joaquim Calixto e os passageiros Anderson de Oliveira Conceição e Rosivaldo Rabelo Castro, que são seguranças da empresa Prosegur Vigilância e Transporte de Valores.

POLÍCIA DO PARÁ ----> Ao Alcance de Todos!: NOTÍCIA URGENTE: AVIÃO CAI NAS MATAS DA ESTRADA DA...

POLÍCIA DO PARÁ ----> Ao Alcance de Todos!: NOTÍCIA URGENTE: AVIÃO CAI NAS MATAS DA ESTRADA DA...: AVIÃO CAIU Um avião caiu agora a pouco nas matas da estrada que dá acesso ao complexo da feira da Ceasa, próximo ao conjunto Morada ...

PORTEL: UM PACTO PELA VIDA


segunda-feira, 2 de setembro de 2013

CARAVANA PROPAZ DEIXA PONTA DE PEDRAS E COMEÇA ATENDIMENTO HOJE (02) EM MUANÁ

A Caravana Pro Paz Cidadania deixou neste sábado (31) o município de Ponta de Pedras, no Arquipélago do Marajó, onde esteve por dois dias. Apenas no último dia de trabalho foram mais de 2,1 mil atendimentos nas áreas de saúde; de cidadania, com emissão de documentos - 365 Carteiras de Identidade, 363 CPFs, 188 Carteiras de Trabalho e 261 Certidões de Nascimento, incluindo 549 fotografias, e na área jurídica, com 136 atendimentos.
Esta foi a segunda ação do Pro Paz em Ponta de Pedras – terceira das 11 cidades marajoaras que receberam o mutirão – somente neste ano. A primeira foi a Caravana Oftalmológica, que passou pela cidade em julho, quando registrou cerca de mil cirurgias de correção de catarata e pterígio (carne crescida).
A Caravana oferece atendimento médico nas especialidades de Clínica Geral, Pediatria, Ginecologia, Cardiologia, Neurologia, Endocrinologia, Reumatologia, Urologia e Dermatologia, e exames como eletrocardiograma, preventivo do câncer de colo do útero (PCCU); HIV e Hepatite (testes rápidos); sífilis e PSA (este auxiliar na detecção de alterações na próstata), além de laboratório de análises clínicas.

Continue lendo....

sábado, 31 de agosto de 2013

IRMÃO DO PREFEITO DE SANTA CRUZ DO ARARI ASSUME CULPA PELA CAPTURA DOS CÃES

O irmão do prefeito de Santa Cruz do Arari, Marcelo Pamplona /PT (foto)), prestou depoimento nesta sexta-feira (30), no Ministério Público do Estado (MPE). Luis Carlos Beltrão Pamplona foi ouvido pelo procurador de Justiça Nelson Pereira Medrado e pela promotora de Justiça Jeanne Maria Farias de Oliveira. O MPE informou que ele assumiu toda a responsabilidade pela captura e envio de 100 cães à região do Francês, na Ilha do Marajó, e que utilizou a infraestrutura da prefeitura para a ação.
De acordo com o MP, Luis Carlos informou que os cachorros foram enviados para a localidade em forma de doação, conforme pedido de um morador daquela região. O pedido para que os cães fossem doados, segundo Luis Pamplona, teria sido feito por escrito. O MP informou ainda que o irmão do prefeito disse que o município estava com superpopulação de cães e colocava em risco a saúde da população.
Ainda no depoimento, o MP disse que Luis negou que os animais tenham sofrido maus tratos e que os métodos de captura utilizados são tradicionais no município. Ele teria ainda creditado a popularização do assunto a uma trama de inimigos do prefeito.
O depoimento do prefeito Marcelo Pamplona foi remarcado pelo MP para quarta-feira (4), na sede do órgão em Belém.

Entenda o caso

A população de Santa Cruz do Arari, na Ilha do Marajó, denunciou à caça a cães que teria sido instituída pelo prefeito Marcelo Pamplona (PT). Segundo os moradores, a prefeitura pagou por cães e cadelas, e os animais apreendidos teriam sido mortos.
Na época, o prefeito reconhece que fez a captura dos cachorros, mas nega que tenha matado os animais: segundo ele, os bichos foram levados para a zona rual do município, já que estariam causando a proliferação de doenças na cidade.
Vídeos registraram cachorros sendo laçados por crianças e levados até canoas, onde foram amontoados no porão da embarcação. Amarrados, os animais aparecem com diversos ferimentos. As imagens mostram ainda vários animais mortos abandonados no rio da cidade.
A Delegacia de Meio Ambiente (Dema), da Polícia Civil, abriu inquérito para apurar o caso. O Ministério Público Estadual (MPE) também instaurou inquérito civil para investigar as denúncias. No documento, assinado pela promotora Jeanne Maria Farias de Oliveira, uma análise preliminar de imagens onde os cães aparecem amarrados e alojados dentro de um barco, podem configurar crueldade com animais, conduta passível de responsabilização civil e criminal.

Fonte: G1

ESCOLA TECNOLÓGICA DE BREVES PERMANECE INACABADA

A escola tecnológica estadual prevista para ser inaugurada este ano no município de Breves, na ilha do Marajó, teve as obras iniciadas em 2010 e permanece sem conclusão até hoje. A obra, orçada em quase 6 milhões de reais, permanece atrasada e comprometida.
Segundo informações da TV RBA, a escola deveria ter 12 salas de aula, laboratórios, um auditório, refeitório, ginásio e anfiteatro. Iniciada em outubro de 2010, as obras permanecem sem conclusão e abandonadas.
Segundo o vereador Alexandre Barros, as obras pararam há mais de um ano, e os trabalhadores foram transferidos para concluir as obras da primeira unidade prisional do Marajó, entregue em julho deste ano. O professor Wanderlei Castro se indigna: “É frustrante ver que o Estado priorizou outra coisa ao invés da educação.
Essa escola foi prometida há anos e foi interrompida para a construção do presídio”. A TV RBA foi até a 13ª Unidade Regional de Educação, responsável pela região do Marajó, mas não encontrou quem pudesse se pronunciar sobre o assunto.
As obras estariam adiantadas em 53%. De acordo com a Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) os serviços na escola técnica de Breves serão retomados este ano e a conclusão está prevista para o fim do primeiro semestre de 2014.
Fonte: MOL - Diário do Pará com informações da RBATV

PALMITO CLANDESTINO APREENDIDO EM PORTEL

Na madrugada da última sexta-feira (30) uma equipe de fiscalização da secretaria municipal de meio ambiente de Portel, apreendeu uma pequena embarcação com aproximadamente uma tonelada de palmito que tinha como destino a cidade de Melgaço.
Informações repassadas pelo Diretor de Monitoramento da SEMA/Portel, Gilberto Gama, dão conta que o palmito veio de uma “fabriqueta” no Rio Samauma, afluente do Rio Pacajá, em Portel.
“O produto tinha como destino fábricas localizadas nos municípios de São Sebastião da Boa Vista e Gurupá, que fornecem vasilhames, tampas e rótulos aos pequenos produtores”, ressalta Gilberto.
“Esta prática é comum, fabricas maiores que exportam para o mercado consumidor de outros estados, compram de pequenos produtores da região marajoara”, conclui.
Todo produto apreendido foi encaminhado à sede da SEMA/Portel e posteriormente será doado para alimentação animal, pois, é impróprio para o consumo humano por vir de fabricação em condições insalubres.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

HOMEM FLAGRADO COM COCAÍNA É PRESO EM SSBV

Max confessou que vendia drogas
As polícias Civil e Militar prenderam na quarta-feira (28) Max Martins da Silva, 24 anos, acusado de tráfico de drogas no município de São Sebastião da Boa Vista, no Arquipélago do Marajó. Com ele foram apreendidas 10 petecas de óxi de cocaína, escondida embaixo da roupa, em um plástico colocado dentro de um frasco.
Max confessou ter comprado o entorpecente em Belém, por R$ 150,00, de uma pessoa que não identificou. O preso foi interrogado pela delegada Adriana Magno, e admitiu que vendia drogas na cidade há pouco tempo, para pessoas conhecidas.
Max foi autuado e, conforme a delegada, a prisão contou com a colaboração da população, por meio de denúncias anônimas às polícias Civil e Militar. "As informações ajudam na atuação das polícias, e demonstram a confiança no trabalho desenvolvido no município pela equipe de policiais", ressaltou a delegada.

Fonte: Agência Pará

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

SESSÃO ESPECIAL CONJUNTA IRÁ DEBATER O IDH NO MARAJÓ

Cena do cotidiano em Melgaço/Pa - Pior IDH-M do Brasil
A Assembléia Legislativa do Estado do Pará (ALEPA) e a Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (CINDRA) estarão realizando na próxima segunda-feira (02/09) uma Sessão Especial para debater os Índices de Desenvolvimento Humano apresentados recentemente no Atlas Brasil 2013, documento elaborado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), no qual seis municípios do Arquipélago do Marajó (Afuá, Anajás, Portel, Bagre, Chaves e Melgaço) aparecem posicionados na faixa de “muito baixo” desenvolvimento humano. E, o município de Melgaço apresentou o pior IDHM do Brasil em 2013, calculado com base nos dados do Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) de 2010.
 A sessão especial para debater o IDH do Marajó de forma conjunta, foi solicitada pelo Movimento Marajó Forte (MMF) ao Presidente da ALEPA, Deputado Estadual Márcio Miranda (DEM/PA) e ao Deputado Federal Arnaldo Jordy (PPS/PA), membro da CINDRA.
 Para o coordenador do Movimento Marajó Forte, Ricardo Fialho, a realização da sessão especial “será um momento oportuno para o diálogo e para que a situação de baixo desenvolvimento humano, evidenciados pelos dados do PNUD, seja debatida por representantes do Executivo, Legislativo e, por órgãos responsáveis pela fiscalização da aplicação de recursos públicos. E, também para apontar possíveis soluções para a melhoria desses indicadores sociais na mesorregião do Marajó”.
 Para a sessão especial estão sendo convidados prefeitos, deputados federais, senadores, ministros, Governo do Estado/Secretarias de Estado, Federação das Associações dos Municípios do Pará, Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó, Presidentes de Câmaras Municipais, Vereadores, ONU/PNUD, movimentos sociais e sociedade em geral.

Serviço:
Sessão Especial – IDH Marajó 
Data: 02/09/2013 (segunda-feira) 
Hora: 08:00 
Local: Assembléia Legislativa do Estado do Pará (Auditório João Batista) 


Fonte:  Ricardo Fialho - Movimento Marajó Forte
Movimento suprapartidário que luta pelo Desenvolvimento Sustentável dos municípios do Arquipélago do Marajó.

PREFEITOS SE MOBILIZAM POR MELHORIAS NO MARAJÓ

Dois recados, diretos e incisivos, sem nenhuma margem para tergiversações, marcaram ontem a primeira reunião da coordenação executiva para o Plano de Desenvolvimento Territorial Sustentável do Arquipélago do Marajó. O primeiro, que a população marajoara já chegou ao limite, quer ações efetivas e exige para o arquipélago um tratamento diferenciado e prioritário. O segundo recado, que as discussões sobre o plano, retomadas agora depois de sete anos de inércia quase total, é apenas um crédito de confiança aos governos, uma simples renovação de esperanças.
 Assim se manifestaram, diante de atentas autoridades vindas de Brasília, a presidente da Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó, Consuelo Castro (PSDB, prefeita de Ponta de Pedras), o presidente da Federação das Associações de Municípios do Estado do Pará (Famep), Helder Barbalho. Os prefeitos Sérgio Murilo dos Santos Guimarães (PR), de Muaná, e Getúlio Brabo (PT), de São Sebastião da Boa Vista, se queixaram principalmente da falta de agências bancárias nos municípios da ilha.
Participaram também da reunião os prefeitos de outros nove municípios – Xarão Leão (PMDB, Breves), João Luiz (PT, Soure), Léo Arruda (PT, Curralinho), Marcelo Pamplona (PT, Santa Cruz do Arari), Benedito Vasconcelos de Oliveira Filho, (PSD, Cachoeira do Arari), Eliudo Santos Pinheiro (PP, Afuá), Raimundo Nogueira (PT, Gurupá), Solange Lobato (PMDB, Chaves) e Paulo Ferreira (PP, Portel).

Continue lendo...

MESTRES CARPINTEIROS ADEREM À LUTA CONTRA O ESCALPELAMENTO

O combate ao escalpelamento, acidente que ainda vitima dezenas de mulheres ribeirinhas na Amazônia, principalmente no Pará - e mais especificamente na Ilha do Marajó - ganhou mais um grupo aliado nesta quinta-feira, 29: os mestres carpinteiros, que são responsáveis pela construção de pequenas e médias embarcações utilizadas como principal meio de transporte de quem vive nas áreas onde os rios, furos e igarapés são as únicas 'estradas' disponíveis - que corresponde a 63% dos municípios paraenses.
A adesão dos mestres carpinteiros aconteceu no auditório do Ministério Público do Estado durante o I Encontro de Mestres Carpinteiros do Pará, organizado pelo Governo do Estado do Pará por meio da Coordenação Estadual de Mobilização Social, da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Na ocasião, eles tiveram a oportunidade de conhecer de perto o drama vivido por crianças e mulheres, vítimas de acidentes com escalpelamento, e tomaram conhecimento sobre o que está sendo feito para a erradicação do problema, que este ano já fez seis vítimas. Todas recebem tratamento na Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém.

Continue lendo...